Paulo Carneiro fala sobre saída de Geninho e comenta situação do futebol feminino

Publicado sábado, 20 de junho de 2020 às 09:29 h | Atualizado em 20/06/2020, 09:57 | Autor: Alex Torres*

O presidente do Vitória, Paulo Carneiro, comentou nesta sexta-feira, 20, sobre os principais assuntos que rondaram a semana do Leão. Entre os tópicos levantados por ele, estão a situação do futebol feminino e a saída de Geninho do comando técnico do clube. As declarações aconteceram durante mais uma edição do Papo com Presidente, no canal da TV Vitória, no Youtube (confira o vídeo abaixo).

Logo na abertura do programa, o gestor do Vitória criticou a repercussão ocorrida ao longo dos últimos dias com relação ao não repasse da verba destinada pela CBF para o futebol feminino e aproveitou para trazer mais detalhes acerca dessa dívida. De acordo com PC, o clube tem necessidades emergenciais, causadas pelo déficit de caixa e precisa saber priorizar algumas coisas.

"Quando eu vi essa notícia do futebol feminino, que o Vitória recebeu e não pagou, queria saber até onde iria chegar essa demagogia. O clube tem problemas salariais com seus atletas, vive uma crise monstruosa, não foi criado por nós mas somos responsáveis por ela. Quando eu vi essa história, não tive o cuidado de olhar a realidade 'nua e crua' do uso dessa receita. Preciso dizer a todos e, principalmente, ao torcedor rubro-negro, que o Vitória só deve 26% do seu passível com suas 'bolsistas', porque as atletas não são funcionárias do clube. Com isso, só devemos hoje R$ 45 mil e já está na programação de pagamento", revelou o presidente.

Em seguida, Paulo Carneiro falou sobre o desligamento do ex-treinador Geninho, ocorrido nesta sexta-feira. Por serem amigos pessoais, o presidente afirmou que gostaria de poder dar um abraço no ex-comandante e lembrou que eles já trabalharam juntos algumas vezes. No entanto, ele também afirmou que o momento é de mudança no clube.

Para o lugar de Geninho, a diretoria do Vitória já revelou que será feita a efetivação do auxiliar-técnico Bruno Pivetti e também promoverá o ex-zagueiro Flávio Tanajura para a função de assistente principal da equipe profissional.

"Quero tranquilizar os rubro-negros, pois o que fizemos desde que entramos foi dotar o departamento de futebol do Vitória de estrutura. Quando chegamos no Vitória, praticamente não tinha comissão técnica [...] Organizamos o departamento para que, se um dia precisássemos trocar de treinador, não sentíssemos. É o que está acontecendo"

Por fim, PC demonstrou muita confiança no trabalho de Pivetti e rasgou elogios ao novo treinador do Vitória, com quem já trabalhou durante sua passagem como diretor de futebol no Athletico-PR.

"Ele (Bruno Pivetti) está no clube há algum tempo e foi responsável pela implantação de toda a metodologia de treinos das categorias de base. Agora, ele vai poder implantar seus métodos (no profissional), pois antes era um assistente disciplinado e acompanhava o treinador. Agora, ele passa a ser a figura mais importante no clube. Tenho certeza que vamos ter muitas alegrias com ele", concluiu.

*Sob supervisão da editora Keyla Pereira

Publicações relacionadas