Paulo Carneiro nega culpa por queda e disse querer voltar ao Vitória

Publicado terça-feira, 30 de novembro de 2021 às 15:06 h | Atualizado em 30/11/2021, 15:12 | Autor: Redação

Afastado desde setembro da presidência do Esporte Clube Vitória, Paulo Carneiro, que foi eleito para este atual mandado em abril de 2019, se queixa de ser vítima de um golpe, nega ser culpado pelo rebaixamento e disse estar pronto para reassumir o Vitória.

Para Paulo Carneiro, o “modelo empresarial” de gestão deve prevalecer. “Eu tenho um projeto pronto, independente de divisão, para tornar o Vitória de novo um clube referência no Brasil, mas eles não deixam a gente trabalhar”, disse em entrevista ao Globo Esporte.

O termo “culpa”, na opinião do presidente afastado do Vitória, que reconhece que pode ter falhado na montagem da equipe, seria injusto de ser aplicado a ele. “Principalmente num jogo que eu não bato escanteio, não bato tiro de meta”, justificou o presidente, que enxerga que a saída para o clube é o investimento em novos talentos. ]

“Esse ano eu tomei a decisão de reformular a base e coloquei 17 jogadores formados em casa. Aí você corre um risco, porque nem todos acertam. David é uma realidade hoje, mas no início era uma aposta. Samuel foi bem no primeiro semestre, mas depois perdeu o caminho. Parou de se comportar bem e deu um grande prejuízo ao Vitória”.

Publicações relacionadas