adblock ativo

"Quero ajudar o Vitória a subir", diz Jadson

O meia afirmou ser motivado por desafios e encara o Leão como mais um em sua carreira

Publicado quinta-feira, 06 de janeiro de 2022 às 17:47 h | Atualizado em 06/01/2022, 18:59 | Autor: Alex Torres
O jogador chega ao Leão da Barra com o status de ser a referência técnica do elenco
O jogador chega ao Leão da Barra com o status de ser a referência técnica do elenco -
adblock ativo

Principal contratação do Vitória para 2022, o meia Jadson foi apresentado na tarde desta quinta-feira, 6, no CT Manoel Pontes Tanajura. O jogador chega ao Leão da Barra com o status de ser a referência técnica do elenco que vai disputar a Série C do Campeonato Brasileiro.

TV Vitória
 

Em entrevista coletiva na sala de imprensa do estádio Manoel Barradas (Barradão), o experiente jogador de 38 anos falou sobre as pretensões dele em assinar com o clube. Com passagens por grandes clubes brasileiros, Jadson garantiu ser movido por desafios e encarou esse como mais um na sua carreira. 

"Não vim aqui por dinheiro, vim aqui mais por desafios. Nós todos somos motivados por desafios. Minha carreira toda foi dessa maneira. Como falei, o projeto que o Alex me explicou, toda direção, eles estão empenhados a fazer, comprei esse projeto. Agora quero ajudar o Vitória a subir para a Série B e conquistar os objetivos desse ano", projetou o meia. 

Antes de acertar com o Rubro-Negro baiano, Jadson falou sobre o contato que teve com a diretoria do clube. Entre os principais pontos abordados, estavam o projeto que o clube planeja trilhar durante a temporada e também destacou a qualidade do elenco e comissão técnica trazidos. 

"Então, a conversa que tive com Alex, ele me explicou que a direção que está aqui hoje é séria, está comprometida com o clube, com os jogadores, com toda essa situação, o Vitória está passando hoje, minha avaliação é que não deveria estar. Esse foi o maior motivo de eu estar aqui hoje. Primeira vez que estou jogando no Nordeste, grande equipe, teremos uma no difícil, muitos desafios. Dado está fazendo ótimo trabalho, profissional excelente, temos tudo para conseguir alcançar nossos objetivos nesse ano", complementou Jadson.

Jadson abraçou o projeto apresentado pela diretoria rubro-negra
Jadson abraçou o projeto apresentado pela diretoria rubro-negra |  Foto: Pietro Carpi | EC Vitória
 

Pouca minutagem nos últimos anos

Considerado uma das principais peças no time do Corinthians que conseguiu os títulos nacionais de 2015 e 2017, o meio-campista não tem tido muitas oportunidades desde que disse adeus para o clube do Parque São Jorge.

Nas passagens por Athletico-PR e Avaí, entre 2020 e 2021, ele disputou apenas 39 partidas, marcou três gols e deu uma assistência. Pelo Leão catarinense, foram nove partidas, sendo cinco como titular. Já no Furacão, são 30 jogos e 17 titularidades. 

"Nesses últimos dois anos não atuei muito. Não pela minha condição. Foi mais a questão extracampo que acabou não me dando muitas oportunidades. As vezes que entrei consegui jogar, consegui atuar. Pela possibilidade e atuar, estando bem fisicamente, tenho tudo para ajudar a equipe a conseguir as vitórias", explicou Jadson. 

adblock ativo

Publicações relacionadas