Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > ESPORTES
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
28/11/2023 às 17:17 - há XX semanas | Autor: Beatriz Amorim

BRASIL EM CAMPO

Gabi Nunes e Luana avaliam amistosos contra o Japão no Brasil

Seleção feminina enfrenta as japonesas na próxima quinta-feira, 30, na Neo Química Arena

Goleiras da Seleção durante treino
Goleiras da Seleção durante treino -

A Seleção Brasileira feminina principal já iniciou a preparação para os três amistosos que serão realizados entre o mês de novembro e dezembro, dois deles contra o Japão e um contra a Nicarágua. Ao iniciar os treinos, a atacante Gabi Nunes e a goleira Luana projetaram as suas expectativas para os confrontos e o sentimento de jogar no país em que nasceram.

“O Brasil é um lugar bem especial para a gente. Temos a torcida, a nossa família na arquibancada e, para mim particularmente, a Neo Química Arena é um lugar muito especial”, disse Gabi Nunes, ex-jogadora do Corinthians, que atualmente atua pelo Levante, da Espanha.

Comentando sobre os dois confrontos contra a Seleção do Japão, que chegou às quartas de final da Copa do Mundo feminina, Gabi reforçou a qualidade das adversárias, mas também destacou o potencial do Brasil, que está sob o novo comando do técnico Arthur Elias.

“A gente sabe que será um jogo bem difícil, o Japão é um time muito bom, então a gente tem que aproveitar esses momentos de treino em conjunto para fazermos um ótimo jogo na quinta-feira. Sabemos a qualidade que as japonesas têm, mas também sabemos da nossa qualidade, o quanto a gente está crescendo como equipe, como seleção.” disse a jogadora do Levante.

Gabi Nunes durante primeiro treinos visando o Japão
Gabi Nunes durante primeiro treinos visando o Japão | Foto: Staff Images Woman / CBF

Já a goleira Luana, que também fez parte da lista de convocadas para o Mundial de 2023, reforçou equilíbrio do elenco, contando com algumas jogadoras experientes e outras da nova geração.

“Nós temos uma boa mistura entre juventude e experiência. Este é um fator muito importante que a gente tem que explorar. O Japão tem um ataque muito rápido, as japonesas têm uma conexão muito boa entre elas. Então vamos ter que ser muito compactas para não deixar elas confortáveis no jogo. Precisamos procurar o nosso forte, que é o contra-ataque com nossas jogadoras rápidas, e um pouco de força física", comentou a segunda goleira da Seleção brasileira.

O Brasil enfrenta o Japão na quinta-feira, 30, às 15h15, na Neo Química Arena. O segundo confronto segue sendo contra as japonesas, dessa vez no domingo, 3, às 11h, no Morumbi. Para encerrar, o confronto será contra a Nicarágua, no dia 6 dezembro, às 18h, na Fonte Luminosa.

Assuntos relacionados

Arthur Elias brasil Gabi Nunes Japão Luana seleção brasileira

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Arthur Elias brasil Gabi Nunes Japão Luana seleção brasileira

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Arthur Elias brasil Gabi Nunes Japão Luana seleção brasileira

Publicações Relacionadas

A tarde play
Goleiras da Seleção durante treino
Play

"Aonde queremos chegar?", questiona Ceni após 9º triunfo na Série A

Goleiras da Seleção durante treino
Play

Vídeo: Goleiro atingido por PM dentro de campo revela estar "abalado"

Goleiras da Seleção durante treino
Play

Dentro de campo, goleiro leva tiro disparado por policial; assista

Goleiras da Seleção durante treino
Play

VÍDEO: Darwin Núnez troca socos com torcedores na arquibancada

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA