Metade dos ingressos de Paris-2024 vão custar menos de 50 euros

No total, serão colocados à venda 13,4 milhões de bilhetes

Publicado segunda-feira, 21 de março de 2022 às 18:31 h | Atualizado em 21/03/2022, 18:30 | Autor: AFP
O processo para comercialização dos ingressos terá início em dezembro de 2022
O processo para comercialização dos ingressos terá início em dezembro de 2022 -

Os organizadores dos Jogos de Paris-2024 apresentaram nesta segunda-feira, 21, o processo de venda de ingressos que começará a partir do ano que vem com metade das entradas para o evento a 50 euros (55 dólares) ou menos. 

No total, serão colocados à venda 13,4 milhões de ingressos, 10 milhões para os Jogos Olímpicos e 3,4 milhões para os Jogos Paralímpicos.

>>Acompanhe as principais noticias do mundo do esporte

Um milhão de bilhetes, ou seja, 10%, serão vendidos a 24 euros (26,4 dólares) e dará a opção de assistir a todos os esportes ao vivo. Outros 50% custarão 50 euros ou menos. 

Cada ingresso dará direito a assistir como espectador a uma "sessão" e vai variar dependendo das modalidades esportivas, sem que os organizadores tenham dado mais detalhes até este momento.

O processo terá início em dezembro de 2022. Os interessados devem participar de um sorteio, primeiro para as entradas que reagrupam diferentes esportes, a partir de fevereiro, e depois ingressos para eventos específicos, a partir de maio. 

As entradas representam um terço da receita prevista pelo comitê organizador. O restante, até 4 bilhões de euros (4,4 bilhões de dólares) em que os Jogos estão orçados, virão de patrocinadores privados e uma contribuição do Comitê Olímpico Internacional (COI). 

Para os Jogos Paralímpicos, 500.000 ingressos estarão à venda ao preço de 15 euros (16,5 dólares) e 50% dos ingressos custarão 25 euros (27,5 dólares) ou menos. Um passe diário de 24 euros (26,5 dólares) também estará à venda, dando acesso a vários esportes.

Publicações relacionadas