MP da Espanha pede nove anos de prisão a Daniel Alves | A TARDE
Atarde > Esportes

MP da Espanha pede nove anos de prisão a Daniel Alves

A pena máxima na Espanha por violência sexual é de 12 anos de prisão

Publicado sexta-feira, 24 de novembro de 2023 às 10:15 h | Autor: Da Redação
A defesa de Daniel Alves diz que a prisão provisória não se justifica pelo risco de fuga
A defesa de Daniel Alves diz que a prisão provisória não se justifica pelo risco de fuga -

O Ministério Público da Espanha pediu que o baiano Daniel Alves seja condenado a nove anos de prisão por violência sexual. O ex-jogador do Barcelona e seleção brasileira está preso preventivamente no país europeu desde janeiro deste ano após ser acusado por uma mulher de 23 anos, por uma agressão que teria acontecido em uma boate.

A pena máxima na Espanha por violência sexual é de 12 anos de prisão. Daniel Alves, entretanto, pagou R$ 800 mil como atenuante para diminuição da pena, em caso de condenação. Esses nove anos seriam, então, a pena máxima já com o atenuante. As informações são do UOL.

Após o pedido do MP, a acusação particular tem mais cinco dias úteis para elaborar o seu documento, que também será enviado à Justiça espanhola. O julgamento pode acontecer no começo do próximo ano.

Por outro lado, a defesa de Daniel Alves diz que a prisão provisória não se justifica pelo risco de fuga. As advogadas de Daniel Alves também afirmam que, ao pagar 150 mil euros (R$ 800 mil) de indenização à denunciante, o brasileiro mostra que está colaborando com o processo.

No entanto, o Ministério Público se manifestou contrariamente ao pedido. A Procuradoria de Barcelona opõe-se ao pedido de liberdade formulado pela defesa de Daniel Alves e considera que a medida de prisão provisória acordada deve ser mantida, entendendo que ainda existe o risco de fuga, dada a natureza dos fatos, as elevadas penas que poderão ser aplicadas pelo crime supostamente cometido e a proximidade do julgamento oral", diz o documento oficial do MP.

Publicações relacionadas