MP espanhol vai recorrer da condenação de Daniel Alves por estupro | A TARDE
Atarde > Esportes

MP espanhol vai recorrer da condenação de Daniel Alves por estupro

Ministério Público espanhol tentará aumentar a pena do ex-jogador baiano

Publicado sexta-feira, 01 de março de 2024 às 11:54 h | Autor: AFP
Daniel Alves durante julgamento
Daniel Alves durante julgamento -

O Ministério Público espanhol vai recorrer da condenação por estupro imposta por um tribunal de Barcelona ao jogador de futebol brasileiro Daniel Alves, de quatro anos e meio de prisão, para tentar endurecê-la, indicou nesta sexta-feira, 1, uma fonte jurídica. 

O MP vai tentar aumentar a pena recebida por Alves, que foi considerado culpado pelo tribunal de ter estuprado uma mulher no banheiro de uma boate em Barcelona, no final de 2022. 

por outro lado, a advogada do ex-jogador do Barcelona, Inés Guardiola, anunciou que vai apresentar recurso contra a sentença, enquanto a defensora da denunciante, Ester García, afirmou que sua cliente está "satisfeita" porque "acreditaram" nela, embora tenha deixado as portas abertas para um possível recurso.

O caso: 

Alves foi acusado de estuprar uma jovem em um banheiro da boate Sutton de Barcelona na madrugada de 30 para 31 de dezembro de 2022.

Segundo a acusação do MP, o ato aconteceu em uma área reservada do estabelecimento onde o esportista, que estava com um amigo, teria conhecido a mulher, que estava acompanhada de uma prima e uma amiga.

Depois de convidá-las para tomar um champanhe, Daniel Alves teria convidado a jovem a seguir para outra área exclusiva, onde ficava o pequeno banheiro, do qual a vítima não tinha conhecimento.

A partir de então, as versões eram diferentes, mas os magistrados consideraram provado que, uma vez lá dentro, "o réu agarrou bruscamente a denunciante, a atirou ao chão e, impedindo que se movimentasse, penetrou-a pela vagina, apesar de a denunciante ter dito não, que ela queria sair".

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS