adblock ativo

Mulheres de Aço perdem para Ferroviária e seguem sem vencer no Brasileirão Feminino

Publicado quarta-feira, 28 de abril de 2021 às 17:57 h | Atualizado em 28/04/2021, 18:00 | Autor: Agência Brasil
Jogo foi na abertura da quarta rodada da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro | Foto: Felipe Oliveira | EC Bahia
Jogo foi na abertura da quarta rodada da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro | Foto: Felipe Oliveira | EC Bahia -
adblock ativo

Não foi dessa vez que o time feminino do Bahia conseguiu o primeiro triunfo no Brasileirão Série A-1. As Mulheres de Aço, comandadas pelo treinador Igor Morena, sucumbiram nesta quarta-feira, 28, no Estádio de Pituaçu, pelo placar de 1 a 0, para a equipe da Ferroviária, atual campeã da Libertadores na categoria, em partida válida pela 4ª rodada do certame. Foi o segundo triunfo seguido das Guerreiras Grenás e o quarto jogo sem vitória do Tricolor pela competição.

A Ferrinha chegou aos mesmos sete pontos de Palmeiras, Internacional e Grêmio, ficando atrás de Palestrinas e Gurias Coloradas no saldo de gols e igualando-se às tricolores na quarta posição. Os três rivais, porém, ainda têm compromisso pela rodada. As baianas permanecem com dois pontos: estão na 13º colocação, na zona de rebaixamento

As anfitriãs tiveram a primeira boa chance do jogo aos 16 minutos do primeiro tempo. A atacante Gabi Itacaré ficou cara a cara com Luciana, mas chutou em cima da goleira. Com dificuldades para chegar no toque de bola, as paulistas assustaram em lances de bola parada. Duas vezes, aos 19 (com os pés) e 25 minutos (de cabeça), a zagueira Ana Alice ficou no quase. Pouco antes do intervalo, as baianas perderam outra oportunidade clara com a atacante Ellen, que finalizou por cima, quase da entrada da pequena área.

Na etapa final, a Ferroviária seguiu com mais volume de jogo. Aos cinco minutos, a meia Amanda cabeceou rasteiro, rente à trave esquerda do Bahia. Três minutos depois, a meia Aline Milene bateu com perigo da entrada da área e a goleira Anna Bia defendeu em dois tempos. Aos 32, a lateral Ludmilla cruzou pela direita e a meia Rafa Mineira, livre e quase na pequena área, concluiu por cima.

A pressão deu resultado aos 35 minutos. Rafa Mineira levantou na área, Ana Alice se antecipou, deslocando a marcação com o domínio, e mandou para as redes. Foi o primeiro gol da zagueira-artilheira no Brasileirão. Ela foi a artilheira da Ferrinha na Libertadores, com três gols. Nos acréscimos, a lateral Barrinha teve a chance do segundo gol na entrada da pequena área pela esquerda. A zaga do Bahia afastou mal, Barrinha aproveitou, mas chutou à esquerda, rente à trave..

adblock ativo

Publicações relacionadas