Nº 2, Alcaraz diz que precisa controlar os nervos para vencer Rio Open | A TARDE
Atarde > Esportes

Nº 2, Alcaraz diz que precisa controlar os nervos para vencer Rio Open

Na estreia, Espanhol enfrenta o brasileiro Thiago Monteiro

Publicado terça-feira, 20 de fevereiro de 2024 às 09:39 h | Autor: AFP
Carlos Alcaraz durante o Rio Open 2022
Carlos Alcaraz durante o Rio Open 2022 -

O espanhol Carlos Alcaraz disse, nesta segunda-feira, 19, que precisa controlar melhor os "nervos" em "momentos difíceis" se quiser ser campeão do Rio Open, o torneio de tênis mais importante da América do Sul.

O número 2 do ranking da ATP fez uma autocrítica após ser derrotado pelo chileno Nicolás Jarry (19º), na semifinal do ATP 250 de Buenos Aires, no último sábado, 17.

"Há muitas coisas a melhorar em relação a Buenos Aires. Estou batendo bem na bola e acho que meu jogo está bom, mas tenho que aprender a jogar melhor em determinados momentos", disse Alcaraz em entrevista antes de sua estreia no Rio Open.

Alcaraz, de 20 anos, não vence um torneio desde julho, quando foi campeão de Wimbledon, seu segundo título de Grand Slam, depois do US Open de 2022.

O jovem espanhol afirmou que conversou com seu treinador, o ex-tenista Juan Carlos Ferrero, sobre "mudar algumas coisas" para se manter em alto nível ao longo do ano.

Campeão do Rio Open, em 2022, Alcaraz é o grande favorito este ano e vai enfrentar na primeira rodada o brasileiro Thiago Monteiro (117º), nesta terça-feira (20), dando início à sua quarta participação no torneio. No ano passado, afetado por problemas físicos, o espanhol perdeu a final para o britânico Cameron Norrie (23º).

Monteiro, de 29 anos, é o segundo melhor brasileiro no ranking da ATP, atrás de Thiago Wild (82º), e já venceu Alcaraz: nas oitavas de final do ATP 250 de Adelaide em 2021 (7-6, 6-3).

"Vai ser um jogo muito difícil e tenho que estar pronto para dar meus 100%, meu melhor tênis, se quiser vencer. Vou tentar impor meu próprio estilo no jogo e seguir no torneio", afirmou o espanhol.

Publicações relacionadas