adblock ativo

Mayra Aguiar faz história e conquista 3º bronze olímpico da carreira

Publicado quinta-feira, 29 de julho de 2021 às 07:30 h | Atualizado em 29/07/2021, 07:39 | Autor: AFP
Brasileira ganhou sua terceira medalha olímpica | Foto: Jack Guez | AFP
Brasileira ganhou sua terceira medalha olímpica | Foto: Jack Guez | AFP -
adblock ativo

A judoca Mayra Aguiar conquistou sua terceira medalha de bronze olímpica, ao derrotar a sul-coreana Hyunji Yoon por ippon, nesta quinta-feira, 29, na disputa do terceiro lugar da categoria meio-pesado (até 78 kg) dos Jogos de Tóquio.

>> Quadro de medalhas de Tóquio 2020

Mayra também venceu o bronze em Londres-2012 e nos Jogos Rio-2016. Ela é a primeira atleta brasileira a ganhar três medalhas olímpicas em um esporte individual.

Além disso, a judoca gaúcha de 29 anos também tem dois títulos mundiais (2014 e 2017) e outras quatros medalhas em Mundiais. Ela conquistou o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima-2019.

Em sua campanha nos Jogos de Tóquio, Mayra estreou no histórico Nippon Budokan, nas oitavas de final contra a israelense Inbar Lanir, e venceu por ippon. Na quartas de final, Mayra foi derrotada pela alemã Anna-Maria Wagner por waza-ari no golden scores.

Ela se recuperou na repescagem e derrotou Aleksandra Babintseva, do Comitê Olímpico Russo. Mayra buscou a luta o tempo todo e provocou três punições da adversária.

Na disputa pelo bronze, enfrentou a sul-coreana e conseguiu o ippon por imobilização de 20 segundos.

A medalha em Tóquio veio depois de um grande esforço da judoca. Mayra passou por uma cirurgia em novembro, depois de sofrer uma lesão grave no ligamento cruzado do joelho esquerdo.

"Acho que é a conquista mais importante. Os últimos tempos foram difíceis, bem difíceis. Você tem que superar, superar de novo e de novo. Não aguentava mais fazer cirurgia, ainda mais no momento que vivemos. Tive medo, angústia. Mas continuei. Dar o nosso melhor vale a pena", disse a judoca à TV Globo, depois da conquista do bronze.

Esta é a sexta medalha do Brasil nos Jogos em Tóquio-2020 e a segunda no judô, depois do bronze de Daniel Cargnin na categoria até 66 kg. O Brasil também conquistou o ouro com Ítalo Ferreira no surfe, as pratas de Kelvin Hoefler e Rayssa Leal na modalidade street do skate, e o bronze do nadador Fernando Scheffer, nos 200 metros estilo livre.

Japão conquista mais dois ouros

O país anfitrião voltou a dominar o dia no judô, com duas medalhas de ouro: Shori Hamada triunfou na categoria até 78 kg, e Aaron Wolf, na categoria até 100 kg. Na final, Hamada derrotou a francesa Madeleine Malonga por ippon.

A segunda medalha de bronze na categoria foi conquistada pela algoz de Mayra nas quartas de final, a alemã Anna-Maria Wagner.

Na decisão masculina, Wolf superou o sul-coreano Guham Cho com um ippon no golden score. As medalhas de bronze foram conquistadas pelo português Jorge Fonseca e por Niiaz Iliasov, do Comitê Olímpico Russo (ROC). 

adblock ativo

Publicações relacionadas