Popó, tetracampeão mundial, enfrenta Bambam, vencedor do BBB | A TARDE
Atarde > Esportes

Popó, tetracampeão mundial, enfrenta Bambam, vencedor do BBB

Popó e Bambam lutam neste sábado, 24, pelo Fight Music Show 4

Publicado sábado, 24 de fevereiro de 2024 às 06:30 h | Autor: BRUNO DIAS
Popó e Bambam, rivais antigos,  protagonizam   a edição FMS 4
Popó e Bambam, rivais antigos, protagonizam a edição FMS 4 -

O duelo entre o tetracampeão mundial de boxe, Acelino Popó Freitas, e o primeiro vencedor da história do Big Brother Brasil, Kléber Bambam, promete eletrizar os fãs do esporte com fortes emoções e muita porrada no ringue do evento Fight Music Show 4, em São Paulo. Marcado para hoje, o card principal do espetáculo inicia a partir das 21h45 e o confronto principal será transmitido pelo Canal Combate (pay-per-view) e TV Globo.

Em clima de guerra e ‘sangue nos olhos’, os dois esportistas têm se dedicado com uma rotina agitada de treinos e preparação nos últimos meses. O embate entre eles foi oficialmente confirmado pelo evento do FMS em setembro do ano passado, quando os participantes assinaram o contrato, e deve definir o vencedor da rivalidade acalorada que a dupla vem protagonizando há algum tempo.

Com a luta confirmada, Popó, de 48 anos, está pronto para entrar no ringue do Fight Music Show pela quarta vez. No primeiro evento da organização, o tetracampeão mundial enfrentou Whindersson Nunes, resultando em um empate. Posteriormente, ele nocauteou o lutador de MMA José Pelé Landi e, em seguida, o youtuber Junior Dublê. Já Bambam subirá no ringue pela primeira vez.

Rivalidade antiga

Apesar de partirem para os “jabs” e “uppercuts” na luta de boxe apenas hoje, a rivalidade entre Popó e Bambam não é recente. Muito antes de acertarem oficialmente o confronto, os esportistas já vinham trocando farpas esporadicamente, com Bambam iniciando a onda de provocações, que ocorrem tanto nas redes sociais quanto em outras aparições, como em TV e eventos. O tetracampeão baiano não deixou passar e sempre rebateu os ataques.

Com o bordão “eu vou chocar o mundo” se tornando característico, o ex-BBB vem compartilhando uma série de promessas desde os meses anteriores em relação à luta, afirmando que vai surpreender a todos, nocautear Popó e se tornar o grande vencedor. Em entrevista recente ao canal Combate, Bambam largou que “Popó não é intocável” e que já está ligado nas fraquezas do rival.

“Ele é o homem do milhão e eu vou chocar o mundo, vou nocautear o Popó, por que eu já tô confiante. O Popó acha que ele é intocável, mas ele não é intocável, o Pelé deu um knockdown nele e ele aí desceu com o joelho, agachou no ringue. Tomou um knockdown, o juiz não abriu contagem e ele sabe disso. O queixo dele é de vidro e a cabeça tá cansada de tanta porrada e tanto sparring, e eu quando tocar nele, com qualquer mão minha, vai chocar o mundo e eu já avisei a ele”, disparou.

Mesmo sendo sua estreia no ringue para um embate de boxe, esporte no qual o lutador baiano é tetracampeão mundial, o ex-vencedor do reality da Globo não parece se intimidar; pelo contrário, isso se tornou uma motivação. As provocações feitas por Bambam atingiram níveis muito mais intensos ao longo do tempo, chegando ao ponto de ele afirmar que entregará “a cabeça de Popó” diretamente ao ex-narrador Galvão Bueno.

“Estou muito feliz com tudo o que está acontecendo com essa luta. Popó, eu tenho um recado para você. Vai ser na Globo que eu vou te aposentar, tomar seus quatro cinturões e arrancar sua cabeça. Galvão Bueno, quero você na primeira fileira, porque eu vou te dar a cabeça do Popó de presente. Eu vou chocar o mundo”, afirmou.

Motivação de tetra

Apesar de todas as afrontas feitas pelo fisiculturista, Acelino Popó não se sentiu amedrontado e manteve a alta confiança e seriedade para o confronto. Muito experiente, o boxeador possui uma marca absurda de ter vencido 41 das 43 lutas que disputou, sendo 34 destas por nocaute, o que representa um aproveitamento de 95,35%. Além disso, conquistou quatro títulos mundiais em duas categorias, super-pena e leve, nos anos de 1999, 2002, 2004 e 2006.

Em um bate-papo no podcast “TICARACATICAST”, o esportista comentou que não subestima a luta com Bambam e tem noção de que o adversário é grande e forte por ter muita massa muscular. No entanto, ele largou que se garante nas próprias habilidades.

“Eu nunca subestimei nenhum adversário, eu sempre treinei para lutar contra meus adversários, é diferente. Quando você subestima alguém você não se prepara. Eu sei que do outro lado tem um cara com uma forma física da zorra, bodybuilder, musculatura grande. Mas eu sei também da minha qualidade técnica e da minha qualidade física”, disse, acrescentando o que pretende fazer na luta. .

“Ele pode vir quente que eu to fervendo. Eu vou te espancar, vou quebrar sua costela. Você não sabe o que é uma costela quebrada, mas você vai saber”, completou.

Em meio a toda a troca de farpas realizada pelos dois nas redes sociais pelos últimos meses, muitos internautas da web levantaram um questionamento sobre a origem da treta. De acordo com uma declaração de Popó, a história por trás do conflito entre ele e Bambam iniciou por conta de uma chateação, após ele negar criar um podcast com o fisiculturista.

Em dezembro do ano passado, a temperatura subiu e os dois precisaram até mesmo ser separados por seguranças durante o evento de promoção do combate. Popó se irritou com as falas e provocações vindas diretamente de Bambam e partiu para tentar acertar um golpe no rival, pedindo respeito. Já o ex-BBB, também foi contido e disse novamente que ia “chocar o mundo” ao derrotar o boxeador.

Histórico de Popó no FMS

A primeira luta de Acelino Popó no evento de Fight Music Show, foi também na primeira edição do evento, quando na ocasião enfrentou o influenciador Whindersson Nunes, em janeiro de 2022. Na ocasião, o boxeador dominou a luta, distribuindo uma variedade de golpes ao longo de oito rounds. No entanto, ele não conseguiu derrubar Whindersson, resultando em um empate, já que se tratava de uma exibição.

O segundo confronto foi contra Pelé Landy, na segunda celebração do evento, em setembro de 2022. Mostrando superioridade, o tetracampeão mundial de boxe derrubou Landy duas vezes logo nos primeiros segundos da luta, com dois golpes potentes. Depois, o baiano derrubou Landy pela terceira vez, encerrando o duelo no primeiro round.

No terceiro embate, em agosto de 2023 durante a edição do FMS 3, Popó enfrentou Júnior Dublê e assumiu o controle desde o primeiro momento, dominando o oponente de forma avassaladora. Logo nos primeiros 12 segundos, o baiano conseguiu derrubar Dublê. Após sofrer uma segunda queda, a equipe de Dublê jogou a toalha, encerrando a luta antes mesmo de reiniciar, diante do domínio evidente de Popó.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS