Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > ESPORTES
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
19/09/2023 às 14:17 - há XX semanas | Autor: AFP

EM CLIMA DE DESPEDIDA

"Possivelmente 2024 será meu último ano", afirma Rafael Nadal

Tenista espanhol já soma 8 meses longe das quadras

Nadal durante torneio em Barcelona
Nadal durante torneio em Barcelona -

O tenista espanhol Rafael Nadal reiterou nesta segunda-feira, 18, que 2024 deverá ser o ano da sua aposentadoria, depois de oito meses afastado dos gramados em que foi submetido a duas cirurgias para tratar lesões no psoas.

“Eu disse que possivelmente 2024 será meu último ano. Mantenho isso, mas não posso confirmar 100% porque não sei", disse Nadal em entrevista à rede Movistar+.

Nadal anunciou em 18 de maio que a lesão no psoas sofrida no Aberto da Austrália em janeiro o levou a colocar "um ponto final" em sua carreira antes de sua despedida do circuito em 2024.

"Este seria o meu objetivo: tentar parar e provavelmente enfrentar o último ano da minha carreira esportiva com pelo menos a garantia de poder desfrutá-lo", acrescentou o tenista espanhol.

Nadal reiterou nesta segunda-feira que "gostaria de voltar a jogar e voltar a ser competitivo".

"Mas a esperança não é voltar a ganhar Roland Garros ou ganhar na Austrália, para que as pessoas não se confundam, tudo isso está muito longe, tenho muita consciência das dificuldades que enfrento, uma que é intransponível é a idade, e a outra são os problemas físicos", explicou.

"O que me anima é voltar a jogar e ser competitivo", disse Nadal, que revelou que fez uma cirurgia no psoas e no quadril há alguns meses.

O tenista espanhol afirmou ainda sobre a corrida com Novak Djokovic para ser o atleta com mais Grand Slams, convencido de que para o sérvio seria "uma frustração maior" do que para ele não conseguir esse objetivo.

"Se eu gostaria de ter sido o tenista com mais Grand Slams da história? Sem dúvida. O esporte é isso, tentar ser o melhor possível. Mas não foi uma obsessão. Não me frustra", disse Nadal, vencedor de 22 Grand Slams.

"Acho que Novak, nesse sentido, vive isso de uma forma mais intensa do que eu vivi. Para ele teria sido uma frustração maior não conseguir e talvez seja por isso que ele conseguiu, ele levou sua ambição ao máximo", considerou Nadal.

O tenista espanhol falou ainda sobre Carlos Alcaraz, que muitos consideram seu herdeiro, como alguém com uma "projeção absurda, tem juventude, ambição, por isso é preciso ter cautela".

"Ele tem potencial para tudo. Aprendi com exemplos e não com palavras, que são levadas muito rapidamente pelo vento. Se tivesse que dizer algo a ele seria para continuar melhorando", concluiu.

Assuntos relacionados

ATP Grand Slam rafael nadal roland garros tênis

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

ATP Grand Slam rafael nadal roland garros tênis

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

ATP Grand Slam rafael nadal roland garros tênis

Publicações Relacionadas

A tarde play
Nadal durante torneio em Barcelona
Play

"Aonde queremos chegar?", questiona Ceni após 9º triunfo na Série A

Nadal durante torneio em Barcelona
Play

Vídeo: Goleiro atingido por PM dentro de campo revela estar "abalado"

Nadal durante torneio em Barcelona
Play

Dentro de campo, goleiro leva tiro disparado por policial; assista

Nadal durante torneio em Barcelona
Play

VÍDEO: Darwin Núnez troca socos com torcedores na arquibancada

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA