Troféu Rei Pelé: Marcus D'Almeida comenta sobre ano histórico | A TARDE
Atarde > Esportes

Troféu Rei Pelé: Marcus D'Almeida comenta sobre ano histórico

Atleta do tiro com arco foi eleito melhor esportista do ano pelo Comitê Olímpico do Brasil

Publicado segunda-feira, 18 de dezembro de 2023 às 14:15 h | Autor: Beatriz Amorim
Marcus D'Almeida no Prêmio Brasil olímpico
Marcus D'Almeida no Prêmio Brasil olímpico -

Marcus D'Almeida, número 1 do mundo no tiro com arco, venceu o Troféu Rei Pelé no Prêmio Brasil Olímpico na última sexta-feira, 15. A cerimônia sediada pelo Comitê Olímpico do Brasil ocorreu na cidade das Artes, no Rio de Janeiro, e premiou os melhores esportistas do ano de 2023. Além do atleta, a ginástica Rebeca Andrade também venceu o troféu na disputa entre as mulheres. 

Fazendo a sua melhor temporada da carreira, Marcos foi campeão da Copa do Mundo, no México, e bronze no Mundial, na Alemanha, além de várias outras medalhas importantes. Nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, o esportista ficou com a prata no individual e o bronze na disputa por equipes. Desta forma, somando os resultados positivos, o esportista lidera o ranking da modalidade. 

Após o resultado, o arqueiro comentou sobre o sentimento de vencer o Troféu Rei Pelé pela primeira vez, garantindo se sentir honrado pela visibilidade atual do tiro com arco. 

“É uma honra carregar a bandeira do meu esporte, o tiro com arco, e saber que estou sendo reconhecido pela mídia, por todo mundo, pelos meus resultados, pelos meus feitos. Por isso, eu fico muito feliz, de coração, que as pessoas estejam assistindo à modalidade, isso é fantástico.” disse Marcos.

Além da emoção, o arqueiro também garantiu treinar muito para conseguir os feitos, estando no seu melhor momento ao seguir corretamente a sua rotina de preparação para as competições. 

“Acho que não é segredo para ninguém, eu treino muito. Este é o meu foco, o que me acalma e o que me deixa preparado. Adoro o processo, e quando estou dentro dele, seguindo o meu cronograma, é o meu melhor momento. Então é isso que tenho que fazer no ano que vem: respeitar os meus momentos", finalizou o vencedor do Troféu Rei Pelé. 

Publicações relacionadas