Villarreal elimina Bayern de Munique e vai às semifinais | A TARDE
Atarde > Esportes

Villarreal elimina Bayern de Munique e vai às semifinais

O 'Submarino Amarelo' volta a surpreender o time alemão e arranca empate no apagar das luzes

Publicado terça-feira, 12 de abril de 2022 às 18:22 h | Atualizado em 12/04/2022, 20:10 | Autor: AFP
O volante nigeriano Samu Chukwueze marcou o gol que deu a classificação à equipe espanhola
O volante nigeriano Samu Chukwueze marcou o gol que deu a classificação à equipe espanhola -

O Villareal eliminou o Bayern de Munique nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa ao arrancar um empate em 1 a 1 no jogo de volta nesta terça-feira, 12, na Alemanha.

 

TNT Sports Brasil
 

Quando a partida se encaminhava para a prorrogação com 1 a 0 para o time alemão, os espanhóis igualaram o placar aos 43 com o volante nigeriano Samu Chukwueze.

O 'Submarino Amarelo' enfrentará agora na semifinal o vencedor do confronto entre Liverpool e Benfica. A última vez que o time espanhol chegou a essa fase da Champions foi em 2006.

Pelo lado do Bayern, que dominou o jogo mas esbarrou na sólida defesa do Villarreal, só Lewandowski conseguiu superar nos 180 minutos o goleiro argentino Gerónimo Rulli.

O jovem treinador Julian Nagelsmann, de 34 anos, fica em situação delicada após esta eliminação, para um time inferior tecnicamente e de menor expressão.

"Fomos bem taticamente, disciplinados. Pressionamos bem, defendemos bem, não sofremos muito. E depois sofremos aquele gol no final. Parar nas quartas de final não é suficiente para o Bayern, a semifinal era nosso objetivo mínimo", admitiu Nagelsmann depois do jogo.

A queda para o Villarreal também confirma uma estatística negativa e curiosa para o Bayern: desde 2015, o time bávaro perdeu em seis ocasiões um jogo de ida em eliminatórias de Liga dos Campeões, e em todas elas foi eliminado.

Agora, resta lutar pelo título do Campeonato Alemão, que o Bayern lidera com nove pontos de vantagem sobre o vice-líder a cinco rodadas do fim da competição.

Apesar de um início dominante dos alemães, o Villarreal não demorou a levar perigo aos donos da casa.

A primeira oportunidade veio aos seis minutos, com um chute de fora da área do atacante Gerard Moreno que passou perto do gol.

O 'Submarino Amarelo' mostrou solidez defensiva no primeiro tempo para conter o poderio ofensivo do Bayern, que atacava com todos os seus jogadores.

Com Kingsley Coman pelo lado direito e Leroy Sané pela esquerda, o time bávaro conseguiu criar várias jogadas pelas alas, porém os cruzamentos na área não encontravam nem Lewandowski nem Thomas Müller, mas sim os defensores do time espanhol.

A única finalização certa do Bayern só aconteceu aos 29 minutos, em uma cabeçada do meia Jamal Musiala que parou nas mãos do goleiro Rulli.

No segundo tempo, os alemães vieram decididos atrás da vitória e, aos sete minutos, Lewandowski recebeu na entrada da área e chutou rasteiro no cantinho para abrir o placar e marcar seu 13º gol nesta Champions.

Chukwueze herói

Empurrado por 70 mil torcedores na Allianz Arena, o Bayern se lançou ainda mais ao ataque em busca do gol que lhe daria a classificação.

Mas quando faltavam dois minutos para o fim, em um contra-ataque mortal, Chukwueze, que tinha saído do banco, recebeu na área e bateu de primeira para superar o goleiro Manuel Neuer e entrar para a história do Villarreal.

"Dói muito sofrer um gol depois do desempenho que tivemos. Pressionamos, pressionamos e pressionamos. Em nenhum momento estávamos sob a ameaça de um gol adversário. Terminar com um empate em 1 a 1 vai contra o que foi o jogo", lamentou Thomas Müller.

“É incrível, deu muito trabalho. Nossas vitórias são vitórias da equipe. Sofremos muito nos dois jogos, mas estar nas semifinais é algo muito grande para o Villarreal", disse depois da partida o zagueiro Raúl Albiol, eleito pela Uefa o melhor em campo.

"Sentimos muita felicidade. Desde que o sorteio nos colocou contra o Bayern, dizíamos a nós mesmos que poderíamos vencer", confessou Gerard Moreno.

Bayern de Munique 1x1 Villarreal - Jogo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões

Estádio: Allianz Arena (Munique)

Público: 70.000

Árbitro: Slavko Vincic (SLO)

Gols: Bayern de Munique: Lewandowski (52); Villarreal: Chukwueze (88)

Cartões amarelos: Bayern de Munique: Lewandowski (33); Villarreal: Foyth (59), Lo Celso (90+1)

Bayern de Munique: Manuel Neuer (cap) - Benjamin Pavard, Dayot Upamecano, Lucas Hernández (Alphonso Davies 87) - Leroy Sané, Kingsley Coman, Joshua Kimmich, Jamal Musiala (Serge Gnabry 82), Leon Goretzka - Robert Lewandowski, Thomas Müller (Eric Choupo Moting 90). Técnico: Julian Nagelsmann.

Villarreal: Gerónimo Rulli - Juan Foyth, Raúl Albiol (cap), Pau Torres, Pervis Estupinan - Etienne Capoue, Daniel Parejo (Serge Aurier 90+3), Francis Coquelin (Samuel Chukwueze 84) - Arnaut Danjuma (Alfonso Pedraza 84), Gerard, Giovani Lo Celso. Técnico: Unai Emery.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS