adblock ativo

Vitória busca reabilitação contra o Atlético-PR nesta quarta

Publicado terça-feira, 18 de agosto de 2009 às 20:25 h | Atualizado em 18/08/2009, 20:25 | Autor: Moysés Suzart l A TARDE
adblock ativo

Uma nova história pode começar nesta quarta-feira, 19, para o Vitória, diante da sua torcida. Contra o Atlético Paranaense, o time baiano fará o primeiro jogo do returno e não pode mais vacilar, principalmente em casa, diante de sua torcida. O lema agora é esquecer a recente queda na campanha.

A situação rubro-negra ainda é cômoda para quem se assusta com a palavra rebaixamento. Porém, não vencer logo mais significa a manutenção de um número preocupante: o Leão é o terceiro pior time, em rendimento, nos últimos cinco jogos.

Pode até ser precipitado falar sobre as últimas rodadas e atribuir uma crise. Porém, cinco jogos podem mudar muita coisa numa competição de pontos corridos. O próprio técnico Mancini concorda. “Na competição de pontos corridos, uma sequência de cinco jogos muda todo um panorama e temos que nos preocupar com isso. Não se desesperar nem apontar erros, mas corrigir e voltar a vencer. Nos próximos cinco jogos, o cenário será outro”, disse.

Mancini tem razão. A classificação mostra que as arrancadas recentes mudaram visivelmente o cenário do Brasileirão. Basta comparar o rendimento do Vitória, que não ultrapassou os 6%, com os demais clubes. Os baianos estavam em terceiro há cinco rodadas, mas perderam oito posições após os recentes vacilos. Dos 9 times que tiveram um bom aproveitamento neste ciclo de jogos, sete deles conseguiram ultrapassar o rubro-negro.

Dos dois clubes restantes que ainda não ultrapassaram o elenco do técnico Mancini, o Atlético Paranaense, que estava na zona de rebaixamento quando o Vitória habitava o G-4, pode fazê-lo caso vença logo mais, graças aos 80% de rendimento nos últimos duelos. Devido a isso, a briga contra o Furacão será o tradicional jogo dos 6 pontos.

Mas o Vitória não foi o único vacilão nas rodadas anteriores. No antigo G-4, o Atlético Mineiro também caiu de produção recentemente. Após 14 rodadas consecutivas no grupo de elite, teve um rendimento de 26% nos últimos jogos e perdeu, não só a liderança, como uma das vagas dos quatro melhores, mesmo que momentaneamente.

Melhores –  Em contra-ponto, os que arrancaram nos últimos jogos estão esbanjando felicidade e podem servir de exemplo para o Vitória. Os principais deles são Goiás, São Paulo e Avaí. Os três estão muito além do bom aproveitamento nos cinco jogos anteriores. Os goianos perderam recentemente para o São Paulo, mas isso não abalou a boa campanha. Nos últimos 10 jogos, perdeu duas, mas venceu os demais confrontos.

O atual campeão brasileiro também é digno de aplausos. A última derrota foi na 11ª rodada do Brasileirão, no distante 16 de julho. É o único que manteve 100% de aproveitamento nos cinco jogos anteriores, pulando da 11ª para a quarta colocação. Porém, o Avaí ainda tem a melhor média de recuperação. Não perde para ninguém desde a 10ª rodada e saiu da zona para a quinta posição.

Apesar de tantos exemplos, o Vitória não precisa se espelhar nos adversários. Basta voltar a boa fase do início da competição, quando teve a mesma média do Avaí atualmente, com 73% de aproveitamento numa sequência de 5 jogos. Mas para isso será preciso mudanças. E está acontecendo.

“O time teve uma postura boa no último duelo, o que já me deixa animado. Se fizermos a mesma campanha do primeiro turno, terminamos novamente em décimo. Porém, queremos mais e vamos melhorar. A postura mudou. Falta transformar em triunfo”, disse Mancini, há cinco dias no clube e com a tarefa de acabar com os cinco jogos do clube sem vencer.

VITÓRIA X ATLÉTICO-PR

Vitória - Gléguer, Apodi, Marco Aurélio, Fábio Ferreira e Leandro; Uelliton, Vanderson, Jackson e Willian; Ramon e Roger. Técnico: Vagner Mancini.

Atlético-PR - Galatto; Manoel, Nei, Chico e Wesley; Valencia, Rafael Miranda, Paulo Baier e Márcio Azevedo; Zulu e Marcinho. Técnico: Antônio Lopes.

Local: Estádio Barradão, às 19h30.
Árbitro: Wilson de Souza Mendonça (PE).

adblock ativo

Publicações relacionadas