adblock ativo

Vitória perde, mas continua no G4

Publicado segunda-feira, 23 de julho de 2007 às 15:01 h | Atualizado em 23/07/2007, 15:01 | Autor: Lucas Cunha, do A Tarde On Line
adblock ativo

Com dois gols sofridos nos últimos 15 minutos de jogo, o Vitória perdeu mais uma partida fora de casa, por 2 x 0, desta vez para o líder isolado Criciúma, que agora soma 29 pontos. Mesmo com a derrota, o Vitória, que começou a rodada como vice-líder, se mantêm no grupo das quatro equipes que se classificam para a Série A em 2008. A equipe comandada por Givanildo 0liveira foi ultrapassada por Coritiba (23 pontos) e Brasiliense (22), e ocupa a quarta posição do Brasileirinho, com 21 pontos.

O Criciúma começou com o domínio da partida, e quase abriu o marcador aos 17min, quando Garrinchinha tirou em cima da linha uma cabeçada do atacante Maurício. O Tigre voltou a levar perigo aos 4min, com um chute do meia Alex Sandro que passou próximo ao gol rubro-negro. Aos poucos o Vitória equilibrou o jogo, e aos 27min os jogadores rubro-negros pediram pênalti quando Faioli caiu dentro da área quando se preparava para o arremate. No intervalo, o atacante desfez a dúvida "Não foi pênalti, não. eu é que me atrapalhei na hora de chutar", confessou.

Na etapa final, o técnico do Criciúma, Gélson Silva, já demonstrou de início que queria manter o aproveitamento de 100% da sua equipe nos jogos em casa: substituiu o lateral Neilton pelo meia-atacante Fantick. Com maior domínio de bola, o Criciúma abusou dos cruzamentos na área, gerando duas jogadas perigosas: aos 10 min, quando o zagueiro Sílvio Criciúma mandou de cabeça na trave esquerda de Ney; e aos 24 min, quando o centroavante Maurício perdeu a melhor chance do jogo até então, cara a cara com o goleiro rubro-negro, que fez uma grande defesa com os pés.

Mas o gol do Criciúma era questão de tempo. Uma nova jogada aérea aproveitando a estatura do zagueiro Cláudio Luiz (mais de 1.90m) resultou na abertura do placar. Cláudio cabeceou para outra grande defesa de Ney, só que desta vez Mauricio aproveitou o rebote e marcou o primeiro gol da partida aos 34min da etapa final.

Depois de sofrer o gol, o técnico Givanildo, que já tinha colocado Jackson e Jeferson nos respectivos lugares de Faioli e Thiago Gama, sacou o volante Garrinchinha para promover a entrada do meia Hugo Henrique. Mas o Leão já estava muito abalado pelo gol sofrido e o Tigre, embalado pela torcida, marcou novamente aos 42 min. O atacante Kelson, que havia entrado no segundo tempo, aproveitou uma pane na zaga da Vitória para ampliar o placar. Os zagueiros rubro-negros ficaram assistindo o passe que Kelson recebeu sozinho e só teve o trabalho de escolher o canto para fazer 2 x 0. 

O Vitória, que não conta com Garrinchinha para a próxima partida por levar o terceiro amarelo, agora se prepara para dois jogos difíceis contra adversários diretos na busca pela classificação para a Série A em 2008. Na terça-feira, às 20h30, enfrenta o Brasiliense fora de casa, atual terceiro colocado da Série B. Já no sábado o Leão conta com o apoio de sua torcida no Barradão, às 16h, para encarar o atual vice-líder da Série B, o Coritiba.

Classificação da Série B: Criciúma (29); Coritiba (23); Brasiliense (22); Vitória (21); Gama (21); Marília (20); Grêmio Barueri (20); Portuguesa (18); Ponte Preta (18); Ipatinga (18); CRB (17); Avaí (17); Fortaleza (17); São Caetano (17); Santo André (15); Ceará (15); Remo (14); Santa Cruz (13); Paulista (12); Ituano (10).

CRICIÚMA 2 x 0 VITÓRIA
Campeonato Brasileiro da Série B

Criciúma
Zé Carlos; Silvio Criciúma, Claudio Luiz e Helton(Rodrigo); Carlos, Elizeu, Alex Sandro, Luis André(Kelson), Adriano e Neilton(Fantick); Maurício.
Técnico: Gélson Silva.

Vitória
Ney; Apodi, Jean, Thiago Gama(Jeferson) e Alysson; Chicão, Garrinchinha(Hugo Henrique), Bida e Faioli(Jackson); Índio e Joãozinho.
Técnico: Givanildo Oliveira.

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma
Árbitro: Fabricio Corrêa (RS)
Auxiliares: Marcelo Barison (RS) e Alexandre Kleiniche (RS)
Gols: Maurício, aos 34 min, e Kelson aos 42 min do segundo tempo
Cartões amarelos: Neilton, Jean e Garrinchinha (3º) 

adblock ativo

Publicações relacionadas