adblock ativo

Abdelmassih é acusado por mais 37 pacientes

Publicado sábado, 25 de junho de 2016 às 16:42 h | Atualizado em 25/06/2016, 16:49 | Autor: Da Redação
Advogado de Abdelmassih disse que não vai comentar as novas acusações
Advogado de Abdelmassih disse que não vai comentar as novas acusações -
adblock ativo

Após ser acusado por crimes de estupros e manipulação genêtica, o ex-médico Roger Abdelmassih, de 72 anos, foi indicado pela Polícia Civil por mais crimes contra outras 37 pacientes, no período de 1990 a 2008.

O acusado está detido em Tremembé, que fica no interior do estado de São Paulo, por receber condenação de 181 anos de prisão por ataques sexuais (estupros, atentado violento ao pudor e atos libidinosos)

Para a polícia, a soma de vítimas da condenação e as que ainda estão sob investigação, chega a 74 mulheres.

De acordo com o relatório final da 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM),  o pedido de prisão preventiva foi feito "para garantia da ordem pública", e caso seja aceito, ele vai ficar preso até um eventual julgamento. A investigação foi concluída em 31 de março para ser encaminhado ao Poder Judiciário.

adblock ativo

Publicações relacionadas