adblock ativo

Deputada apresenta projeto para isenção de direitos autorais e artistas protestam

Publicado sexta-feira, 07 de abril de 2017 às 12:05 h | Atualizado em 07/04/2017, 12:44 | Autor: Da Redação
ivete sangalo, cultura, musica
ivete sangalo, cultura, musica -
adblock ativo

A deputada federal Renata Abreu (PTN-SP) apresentou um projeto de lei que isenta igrejas, academiais, rádios, hotéis e outros estabelecimentos de pagarem direitos autorais pelas músicas que tocarem.

Alguns artistas brasileiros não gostaram da ideia e se manifestaram nas redes sociais. Em seu perfil do Instagram, Ivete Sangalo protestou contra o projeto. "Respeitem o direito autoral. Respeitem as pessoas", escreveu a baiana.

Caetano Veloso, Gilberto Gil, Paula Lavigne, Teresa Cristina, Flora Gil, Samuel Rosa (Skank), Lenine e outros também aderiram à campanha em defesa dos direitos autorais.

 

#Repost @procuresaber A deputada federal @renataabreuoficial, relatora do Projeto de Lei 3.968/1997, que isentaria igrejas, academias, hotéis, motéis, rádios comunitárias e outros estabelecimentos do pagamento de direitos autorais musicais, é herdeira em rádios com dívidas de quase R$ 25 milhões com o #ECAD. Renata é filha do ex-deputado José Masci de Abreu, proprietário das empresas Sistema Atual de Radiodifusão e Rádio Difusora Atual. Segundo planilha obtida pelo GLOBO, a primeira deve R$ 21 milhões ao Ecad pela execução pública de músicas, e a segunda deve R$ 3,2 milhões. Leia mais: https://glo.bo/2oHCAkv #ProcureSaber #SOSDireitosAutorais #DireitosAutorais #APS #APSUnida 🔍

Uma publicação compartilhada por lenineoficial (@lenineoficial) em

adblock ativo

Publicações relacionadas