adblock ativo

GGB oferece R$ 1 mil para música contra Robyssão

Publicado sábado, 17 de janeiro de 2015 às 08:52 h | Atualizado em 17/01/2015, 08:52 | Autor: Juracy dos Anjos
Robyssão
Robyssão -
adblock ativo

A polêmica entorno da música 'Quem banca é o viado', do cantor Robyssão, não para de crescer. Desta vez, quem entrou na briga contra a canção, considerada homofóbica, foi o Grupo Gay da Bahia (GGB). E de uma forma inusitada: está oferecendo R$ 1 mil para quem fizer uma música-resposta contra o cantor.

Na semana passada, outra entidade de defesa dos direitos LGBTs, o Grupo Gay da Liberdade, entrou com uma representação no Ministério Público da Bahia. Robyssão, por sua vez,  está no clima: fale mal, mas fale de mim. "Esta polêmica está ajudando a promover minha música. Antes, era pouco tocada. Agora, virou carro-chefe", pontua. Durante o Carnaval, ele - que puxará o bloco Traz a Massa no circuito Osmar (Centro) - avisou que irá cantar a música.

O presidente da agremiação, Rafael Nabuco, no entanto, afirma que não será bem assim e que 'Quem banca é o viado' será analisada. "Não concordamos com qualquer tipo de preconceito. Por isso, vamos avaliar o conteúdo da música. Se acharmos ofensivo, vamos recomendar que ele não cante", diz.

Confira a polêmica canção

adblock ativo

Publicações relacionadas