adblock ativo

Luiz Caldas: Ele quer ir além do 'Fricote'

Publicado terça-feira, 13 de janeiro de 2015 às 10:00 h | Atualizado em 13/01/2015, 10:12 | Autor: Juracy dos Anjos
Luiz Caldas
Luiz Caldas -
adblock ativo

Nos 30 anos da axé music, Luiz Caldas, precursor do ritmo, manda avisar: não ficará restrito aos antigos sucessos, como "Fricote". Ele quer mais: mostrará o que vem produzindo de novo. "Meus recentes trabalhos serão o carro-chefe do Carnaval. Procuro renovar a axé music, a minha axé music", afirma ele, acreditando que mudar  o modelo da música baiana - que ganhou o país em 1985 com "Fricote" - é necessário.

"O tempo impõe a mudança", pontua. E, neste mês, os fãs já podem esperar mais um CD de Luiz dentro deste projeto: o de chula. E não só: antes do Carnaval, promete também o de samba "é" raggae, como ele grafa o título do trabalho. "Minha produção não para. Em 2010, lancei 10 CDs. E, de 2013 pra cá, um a cada mês", diz.

E a produção continua. Novos trabalhos serão lançados até dezembro, inclusive um de músicas de discoteca, ao estilo do filme "Os Embalos de Sábado à Noite", de 1977. Para 2016, descanso? Não, mais trabalho. Ele lançará uma ópera sobre a Independência da Bahia. Mas, antes, pensa no Carnaval. Na quinta e no sábado, ele puxará  um trio especial sem cordas na Barra. Na terça, Luiz quer subir para o Campo Grande.

adblock ativo

Publicações relacionadas