adblock ativo

Vinhos são opções para harmonizar com comidas do São João

Publicado quinta-feira, 23 de junho de 2016 às 11:14 h | Atualizado em 22/06/2016, 22:58 | Autor: Débora Rezende
Vinho
Vinho -
adblock ativo

Na mesa, iguarias como bolo de milho, amendoim cozido e canjica fazem as alegrias do São João. Por outro lado, no copo, o típico tende para o quentão, o licor e a cerveja, coringa das festas. Nas comemorações juninas, parece que os vinhos finos não têm muito a sua vez.

Errado. Para deixar as comemorações de São João e São Pedro ainda mais refinadas, é possível sim pensar em múltiplas opções para harmonizar os vinhos com o que há de mais popular e querido na gastronomia junina.

"Sempre é possível harmonizar vinho com comida", pondera Patrícia Penha, sommelière da Decanter Vinhos Finos. "Acho muito interessante considerarmos o universo dos vinhos finos como possibilidade de harmonização com os pratos de comidas tipicamente juninas, abrindo um leque de opções, além dos licores e quentões que são tradicionalmente apreciados nessa época do ano", explica.

Receitas

Nesse período, o que não falta nas cozinhas e buffets festeiros são opções doces. Mesmo com essas, a sommelière explica que o vinho cai muito bem. Para os bolos, canjicas, cocadas e bolinhas de jenipapo, o ideal é apostar nos rótulos de colheita tardia, cuja uva, mais madura, é geralmente mais adocicada. De acordo com Patrícia, eles são "igualmente doces, ricos em aromas de frutas como laranja e limão confitados; e nuances de mel".

"Se pensarmos nas noites frias, o vinho do Porto Tawny, que traz graduação alcoólica mais elevada, é também uma ótima escolha e opção ideal para as nossas paçocas", completa. Também é possível pensar no uso da enogastronomia voltado aos pratos salvados, como os espetinhos tradicionais, empanadas e churrascos, que podem ser harmonizados com vinhos tintos, "com qualidade de fruta, boa acidez para amenizar a sensação de gordura, e madeira bem dosada", endossa Patrícia.

A ideia de combinar o charme do vinho com as comidas populares do São João é novidade para Ana Luiza Carvalho, proprietária da Paneville. Localizada na Pituba - e com uma boa cartela de vinhos do fundo da loja -, a padaria gourmet oferece para os festejos juninos um buffet formado tanto pelas receitas doces quanto as salgadas, com possibilidades tradicionais e gourmet para combinar com os vinhos.

"As pessoas estão procurando conhecer mais", reflete. "É só a época esfriar um pouquinho e aumenta a procura do vinho". No espaço, dentre as tradicionais canjicas, mungunzás, amendoins e milhos cozidos, é possível encontrar opções mais diversificadas, como bolos de pé de moleque e de queijo com goiabada. "Sempre os mais procurados são todos os relacionados ao milho".

No mercado desde 2005, e há um ano na loja expandida da Pituba, a Paneville aposta nesse São João em duas novidades: brigadeiro de milho verde e um churros recheado com o doce gourmet. A aceitação é lenta, mas gera curiosidade. "É baseado nos outros brigadeiros gourmet", explica Ana Luiza. "A gente achou que o milho com o leite condensado ficaria gostoso.

adblock ativo

Publicações relacionadas