Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > GUERRA EM ISRAEL
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
19/10/2023 às 20:20 - há XX semanas | Autor: Da Redação

ORIENTE MÉDIO

Navio dos EUA abate mísseis disparados por aliados do Irã

O destróier lançador de mísseis guiados USS Carney abateu de dois a três mísseis

Um navio de guerra dos Estados Unidos interceptou mísseis, que supostamente foram lançados por rebeldes houthis do Iêmen, uma facção xiita apoiada pelo Irã, segundo informações da Marinha american. O grupo disputa o poder no país ao sul da península Arábica.

Segundo autoridades dos EUA, os mísseis eram provavelmente direcionados a Israel, ao norte. De acordo com relatos divulgados pela imprensa americana, destróier lançador de mísseis guiados USS Carney abateu de dois a três mísseis vindos da costa de uma região dominada pelos houthis.

Os houthis do Iêmen vivem uma guerra civil com o regime autoritário local desde 2014. A Organização das Nações Unidas (ONU) informou que cerca de 80% dos 4,5 milhões de iemenitas foram deslocados de suas casas pela guerra, que matou algo como 350 mil pessoas.

A iniciativa do governo norte-americano aconteceu em um contexto de guerra no Oriente Médio. Os EUA prometeram apoiar Israel no conflito contra o Hamas. O conflito já se arrasta por 13 dias e o número de mortos chegou a 5.188 pessoas nesta quinta,19, - cerca 3.785 palestinos e 1.403 perderam suas vidas, conforme o Al Jazeera. Segundo as estatísticas oficiais, 16.293 pessoas ficaram feridas - cerca de 12.493 palestinos e pelo menos 3.800 israelenses.

Além da Faixa de Gaza, palestinos ocupam a Cisjordânia, a maior das áreas ocupadas dessa nação - quase 6 mil quilômetros quadrados (km²). Os Acordos de Armistício de 1949 definiram a fronteira provisória entre Israel e Jordânia. O território a oeste do Rio Jordão foi anexado à Jordânia, que passou a se chamar Cisjordânia. A anexação ainda causa discordâncias entre autoridades de países mais próximos do governo israelense e de outras nações com mais proximidade à região ocupada pelo povo da Palestina, também formada por Jerusalém Oriental, outro motivo de conflitos com o governo israelense, do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

Assuntos relacionados

estados unidos Guerra Irã misseis Navio

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

estados unidos Guerra Irã misseis Navio

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

estados unidos Guerra Irã misseis Navio

Publicações Relacionadas

A tarde play
Play

500 pessoas morreram em ataque contra hospital em Gaza

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA