Cidade ucraniana de Mikolaiv é alvo de ataques aéreos russos

Bombardeio em um quartel matou dezenas de soldados ucranianos enquanto dormiam

Publicado sábado, 19 de março de 2022 às 19:05 h | Atualizado em 19/03/2022, 19:08 | Autor: AFP
O ataque ocorreu no dia em que as Forças Armadas russas anunciaram ter utilizado pela primeira vez mísseis hipersônicos
O ataque ocorreu no dia em que as Forças Armadas russas anunciaram ter utilizado pela primeira vez mísseis hipersônicos -

A cidade ucraniana de Mikolaiv (sul) foi alvo de ataques aéreos russos em um ritmo vertiginoso neste sábado, 19, um dia depois que um bombardeio matou dezenas de soldados em um quartel, informou o governador regional Vitali Klim. 

>>Rússia usa, pela primeira vez, mísseis hipersônicos na Ucrânia

"Não conseguimos dar o alerta: quando anunciamos a onda, ela chegou. A mensagem (alerta) e os bombardeios chegam ao mesmo tempo", disse Klim nas redes sociais. 

 

AFP Português
 

O governador não mencionou danos ou possíveis vítimas.  Quanto ao bombardeio do quartel, as estimativas das testemunhas mostram grandes variações.

"Nada menos que 200 soldados dormiam no quartel", disse um soldado de 22 anos, de uma base próxima. 

"Pelo menos 50 corpos foram removidos, mas não sabemos quantos ficaram sob os escombros", acrescentou. 

Outro soldado estimou que o balanço desse ataque pode ser de cem mortos. 

Os russos "dispararam mísseis covardemente contra soldados adormecidos. As operações de resgate continuam", disse o governador Klim. 

A informação continua bloqueada e o discurso oficial quer que Mikolaiv, "escudo" de Odessa, porto estratégico 130 km a oeste, resista aos ataques das tropas russas.

Publicações relacionadas