Dezenas de mortos em bombardeio russo contra quartel na Ucrânia

Quartel foi devastado após ser atingido por seis foguetes na manhã de sexta-feira

Publicado sábado, 19 de março de 2022 às 12:31 h | Atualizado em 19/03/2022, 13:16 | Autor: AFP
Nenhuma informação sobre vítimas foi divulgada pelas autoridades ucranianas
Nenhuma informação sobre vítimas foi divulgada pelas autoridades ucranianas -

Dezenas de pessoas foram mortas em um ataque na sexta-feira, 18, contra um quartel militar em Mykolaiv, no sul da Ucrânia, disseram testemunhas à AFP neste sábado, 19, enquanto as operações de socorro continuam. 

"Nada menos que 200 soldados dormiam no quartel", de acordo com Maxime, um soldado de 22 anos entrevistado no local.

"Pelo menos 50 corpos foram recuperados, mas não sabemos quantos ficaram sob os escombros", acrescentou o jovem soldado.

Evguéniï, outro soldado no local, estima que o ataque pode ter matado 100 pessoas.

"Continuamos contando, mas é impossível saber em vista do estado dos corpos", disse um socorrista entrevistado pela AFP.

O quartel, localizado no norte desta cidade, foi completamente devastado após ser atingido por seis foguetes na manhã de sexta-feira.

Nenhuma informação sobre vítimas foi divulgada pelas autoridades ucranianas.

Os russos "realizaram covardes ataques com mísseis contra soldados que dormiam. Uma operação de resgate está em andamento", declarou o governador regional de Mykolaiv, Vitaly Kim, na manhã deste sábado, em um vídeo postado no Facebook.

O prefeito de Mykolaiv, Oleksandre Senkevych, citado pela mídia ucraniana, indicou que esta cidade, que tinha quase meio milhão de habitantes antes da guerra, havia sido bombardeada da região vizinha de Kherson, sob controle russo. 

Mykolaiv e sua região são palco de intensos combates e bombardeios russos. A cidade é estratégica porque é a última antes da grande cidade portuária de Ode.

Publicações relacionadas