Acidente com elevador deixa brasileiro em coma na Argentina

Família abriu uma vaquinha virtual para custear despesas do tratamento

Publicado segunda-feira, 18 de julho de 2022 às 20:35 h | Atualizado em 18/07/2022, 20:35 | Autor: Da Redação
Bruno Renan Batista Schimidt, trabalhava como pintor em Buenos Aires
Bruno Renan Batista Schimidt, trabalhava como pintor em Buenos Aires -

Um brasileiro de 29 anos está internado em estado grave em um hospital de Buenos Aires, após o elevador em que estava despencar do quarto andar de um prédio. Natural de Goiânia, Bruno Renan Batista Schimidt, trabalhava como pintor na capital argentina, quando sofreu o acidente.

O caso ocorreu no último dia 7 de julho e ganhou bastante repercussão internacional. Segundo a Rádio Bicentenário, quatro pessoas estavam dentro do elevador e todas ficaram feridas, duas delas com politraumatismos.

O Corpo de Bombeiros de Buenos Aires não divulgou o motivo da queda, mas, segundo o UOL, a família de Bruno informou que um problema na frenagem do elevador foi o responsável pelo acidente.

Ainda de acordo com o UOL, na tarde desta segunda-feira, 18, o irmão de Bruno Renan contou que ele sofreu uma fratura craniana, teve o pulmão perfurado e uma vértebra quebrada. Ele está em coma e com um inchaço no cérebro. Ele ainda não tem previsão de alta.

A família abriu uma vaquinha virtual com o intuito de arrecadar R$ 150 mil para custear o tratamento e a transferência do jovem para o Brasil quando ele puder ser transportado. Até o momento, foram arrecadados pouco mais de R$ 2 mil.

Confira como ajudar aqui.

Publicações relacionadas