Alerta de tsunami é acionado após terremoto no Japão

Tremor de 7,3 de magnitude atinge costa nordeste do país e deixa dois mortos

Publicado quarta-feira, 16 de março de 2022 às 23:48 h | Atualizado em 16/03/2022, 23:48 | Autor: AFP
Mais de 90 pessoas ficaram feridas
Mais de 90 pessoas ficaram feridas -

Autoridades japonesas acionaram nesta quarta-feira,17,  o alerta de tsunami ativado após o terremoto de magnitude 7,4 registrado na véspera na costa nordeste do país.

Duas pessoas morreram nos departamentos de Fukushima e Miyagi, nordeste do país, e mais de 90 ficaram feridas, informou a agência japonesa de gerenciamento de incêndios e catástrofes.

O alerta de tsunami nas regiões de Fukushima e Miyagi foi levantado pela Agência Meteorológica do Japão (JMA).

O tremor foi registrado às 23h36 locais, na costa de Fukushima, a 60 km de profundidade, informou a JMA, que havia reportado inicialmente uma magnitude de 7,3.

O tremor provocou um corte de energia que afetou 2 milhões de residências, 700 mil delas em Tóquio, segundo a empresa Tepco. Cerca de 35 mil lares continuavam sem luz no nordeste do país às 8h locais, segundo a empresa Tokohu Electric Power.

A Autoridade de Regulação Nuclear do Japão informou que nenhuma anomalia foi detectada na usina de Fukushima. Autoridades assinalaram que trabalham para avaliar os danos causados pelo terremoto e alertaram que podem ocorrer réplicas.

A empresa ferroviária JR East relatou perturbações importantes em sua rede e o descarrilamento de um trem de alta velocidade com 75 passageiros e três trabalhadores ao norte da cidade de Fukushima, sem que houvesse feridos.

O arquipélago japonês está localizado no Anel de Fogo do Pacífico, um arco de intensa atividade sísmica onde as placas tectônicas colidem, que se estende pelo Sudeste Asiático e pela bacia do Pacífico.

Publicações relacionadas