adblock ativo

Astronautas conectam eletricidade a novo módulo da ISS

Publicado terça-feira, 20 de novembro de 2007 às 15:14 h | Atualizado em 20/11/2007, 15:14 | Autor: Agencia Estado
adblock ativo

Dois astronautas realizaram uma caminhada espacial para fazer a conexão de eletricidade no mais novo aposento da Estação Espacial Internacional (ISS), numa corrida para manter no cronograma a viagem do ônibus espacial Atlantis, prevista para o início de dezembro. O Atlantis deverá levar à ISS o laboratório Columbus, construído pela Agência Espacial Européia (ESA).

A comandante Peggy Whitson e o astronauta Daniel Tani tiveram de conectar os cabos de aquecimento, energia e fluidos entre a ISS o módulo Harmony, que chegou ao espaço a bordo do ônibus espacial Discovery, em outubro.

As linhas de fluido - que transportam amônia, um refrigerador - estavam numa prateleira móvel de 136 kg. Os astronautas removeram a prateleira de seu suporte e a carregaram até o Harmony. Na remoção de algumas travas, cristais congelados de amônia flutuaram e atingiram Whitson. O controle de missão disse à astronauta que não se preocupasse - os procedimentos de descontaminação prevêem uma escovação para retirar os flocos do material tóxico, ou deixá-lo evaporar ao sol.

A Nasa, agência espacial americana, não pode lançar outro ônibus espacial até que o Harmony esteja plenamente ligado à ISS. O Columbus deve se conectar a uma porta do módulo. Os três astronautas residentes da ISS vêm trabalhando diuturnamente desde que o Discovery partiu, há duas semanas, e só na semana passada conseguiram levar o Harmony a sua localização final na configuração da estação. Uma nova caminhada espacial está prevista para sábado, para conectar outra linha de fluido ao módulo.

adblock ativo

Publicações relacionadas