Ataques aéreos contra a Rússia deixam 2 mortos e 9 feridos | A TARDE
Atarde > Mundo

Ataques aéreos contra a Rússia deixam 2 mortos e 9 feridos

Dezenas de drones ucranianos foram lançados na quarta-feira

Publicado quinta-feira, 14 de março de 2024 às 09:52 h | Autor: AFP
Ataques ucranianos provocam duas mortes na região fronteiriça de Kursk
Ataques ucranianos provocam duas mortes na região fronteiriça de Kursk -

As forças russas enfrentavam, nesta quinta-feira, 14, combatentes pró-ucranianos na região fronteiriça de Kursk, enquanto uma nova onda de ataques aéreos deixou dois mortos e nove feridos na região vizinha de Belgorod, informaram as autoridades.

"Unidades da Rosgvardia trabalham para repelir um ataque de grupos inimigos perto da localidade de Tetkino, na região de Kursk", indicou a guarda nacional russa em um comunicado.

Três grupos de milícias ucranianas, em sua maioria formada por russos opositores ao Kremlin, reivindicaram a tomada de Tetkino em uma operação conjunta esta semana.

Leia mais

>> Jornalistas iniciam greve em Portugal para pedir melhores salários

Os três grupos pediram às autoridades que evacuassem os civis das cidades de Belgorod e Kursk.

Por sua vez, o governador regional de Belgorod publicou em suas redes sociais que uma mulher morreu e três pessoas ficaram feridas nesta quinta em um ataque aéreo ucraniano, sem revelar o tipo de arma utilizada.

Horas antes, ele havia reportado que um ataque com drones na região de Belgorod deixou um morto e seis feridos.

Duas casas e um estabelecimento médico na cidade de Belgorod foram atingidos pelos drones, acrescentou o governador.

A pasta da Defesa anunciou que, "ao longo da última noite, foram bloqueadas as tentativas do regime de Kiev de executar ataques terroristas com drones aéreos contra áreas no território russo".

No total, "14 drones foram interceptados e destruídos sobre a região de Belgorod (11) e Kursk (3)", afirma um comunicado.

Os ataques de drones contra o território russo aumentaram com a aproximação das eleições presidenciais na Rússia, de 15 a 17 de março, quando o presidente Vladimir Putin deve conquistar um novo mandato de seis anos.

Dezenas de drones ucranianos foram lançados na quarta-feira contra diversas regiões russas, direcionados principalmente contra locais de infraestrutura energética.

Publicações relacionadas