adblock ativo

China protesta contra visita de Koizumi a santuário de Yasukuni

Publicado segunda-feira, 14 de agosto de 2006 às 22:18 h | Atualizado em 14/08/2006, 22:18 | Autor: Agência AFP
adblock ativo

A China fez nesta terça-feira um vigoroso protesto contra a visita do primeiro-ministro japonês, Junichiro Koizumi, ao polêmico santuário patriótico de Yasukuni.



A visita do primeiro-ministro, na manhã desta terça, "desafia a justiça internacional e pisa na consciência da humanidade", afirma um comunicado do ministério chinês das Relações Exteriores citado pela agência Nova China.



O santuário de Yasukuni honra as almas dos 2,5 milhões de japoneses mortos lutando pela pátria, incluindo 14 criminosos de guerra condenados após 1945.



Para a China e outros países que combateram o Japão em diversos conflitos, Yasukuni é um símbolo do militarismo e dos crimes de guerra praticados pelos japoneses.

adblock ativo

Publicações relacionadas