Entenda a ausência de primos de 1º, 2º e 3º grau na Lei de Parentesco | A TARDE
Atarde > Mundo

Entenda a ausência de primos de 1º, 2º e 3º grau na Lei de Parentesco

Existem duas categorias principais de parentesco: os parentes em linha reta e os parentes em linha colateral

Publicado domingo, 07 de abril de 2024 às 14:59 h | Autor: *Da Redação
Imagem ilustrativa da imagem Entenda a ausência de primos de 1º, 2º e 3º grau na Lei de Parentesco
-

Você sabia que pela lei, primo de primeiro grau não existe? De acordo com a advogada de família Mariana Ramos, é importante compreender que existem duas categorias principais de parentesco: os parentes em linha reta e os parentes em linha colateral. A pesquisa foi levantada pelo portal g1.

Os parentes em linha reta são aqueles que têm uma relação ascendente ou descendente, como pais, avós, bisavós, filhos, netos, bisnetos, entre outros.

Já os parentes em linha colateral são aqueles que compartilham o mesmo tronco genealógico, mas não têm uma relação direta de ascendência ou descendência, incluindo irmãos, primos, tios, sobrinhos, etc.

O grau de parentesco é determinado pelo número de gerações entre os indivíduos. Por exemplo, pais e filhos são considerados parentes de 1º grau, enquanto avós e netos são de 2º grau, e assim por diante.

Para os parentes em linha colateral, os graus também são calculados pelo número de gerações, contando a partir de um dos parentes até o ascendente comum e descendo até o outro parente.

Assim, os únicos parentes de 1º grau são filhos ou pais, e os de 2º grau são avós, netos ou irmãos. Portanto, é importante notar que os primos são considerados parentes de 4º grau, não havendo distinção de 1º, 2º ou 3º grau para primos de acordo com a lei.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS