Especialistas da ONU pedem ao papa prevenção de abusos sexuais de menores

Publicado segunda-feira, 21 de junho de 2021 às 10:14 h | Atualizado em 19/11/2021, 12:18 | Autor: AFP

Um grupo de especialistas em direitos humanos da ONU disse, nesta segunda-feira, 21, ter pedido ao Vaticano que tome medidas para frear os casos de abuso sexual de menores nas instituições católicas e evitar que voltem a acontecer.

Os especialistas pediram em um comunicado à "Santa Sé que tome todas as medidas para frear e prevenir a repetição de violência e de abusos sexuais contra menores nas instituições católicas e assegurar que os responsáveis responderão por isso e que as vítimas serão indenizadas".

Os quatro especialistas, que não falam em nome das Nações Unidas mas que relatam suas descobertas à organização, escreveram ao Vaticano em abril.

Segundo a carta divulgada nesta segunda-feira, eles expressaram sua "grande preocupação a respeito das várias alegações em todo o mundo de abuso e violência sexuais cometidos por membros da Igreja Católica contra crianças".

Também afirmaram que estão preocupados com as medidas adotadas pela Igreja para "proteger os supostos abusadores, ocultar crimes, obstruir a prestação de contas dos supostos abusadores e evitar as indenizações correspondentes às vítimas".

Os especialistas destacaram persistentes alegações de obstrução e falta de cooperação com os procedimentos legais.

Eles fizeram um apelo ao Vaticano para cooperar de maneira completa com a polícia e a justiça dos países envolvidos, além de evitar a assinatura de acordos para evitar a prestação de contas dos membros da igreja acusados de abuso.

Publicações relacionadas