Ex-presidente do Chile morreu por afogamento, diz autópsia | A TARDE
Atarde > Mundo

Ex-presidente do Chile morreu por afogamento, diz autópsia

Helicóptero pilotado por Sebastián Piñera caiu em um lago no sul do Chile

Publicado quarta-feira, 07 de fevereiro de 2024 às 16:11 h | Autor: Da Redação
Sebastián Piñera morreu nesta terça após acidente de helicóptero
Sebastián Piñera morreu nesta terça após acidente de helicóptero -

A morte do ex-presidente do Chile, Sebastián Piñera, de 74 anos de idade, ocorreu por afogamento, conforme conclusão da autópsia realizada pelo serviço médico legal chileno. O helicóptero pilotado pelo ex-mandatário caiu no Lago Ranco, na região sul do país, na terça-feira, 6, pouco tempo após a decolagem.

"Como promotoria, agora estamos em posição de informar à comunidade que a causa médico-legal da morte do ex-presidente Sebastián Piñera é asfixia por submersão", disse Tatiana Esquivel, a promotora da cidade de Valdivia, onde ocorreu o acidente.

De acordo com a agência Reuters, Esquivel ainda acrescentou que não foi determinada a causa do acidente, mas que os dados forenses estão permitindo que eles desenvolvam uma "teoria mais provável" e uma equipe especializada está investigando o local da queda.

O empresário milionário Sebastián Piñera governou o Chile por dois mandatos: primeiro, entre 2010 e 2014; depois, entre 2018 e 2022. Sua gestão, identificada como de direita, foi marcada por medidas consideradas “pró-mercado” e, a partir de 2019, sofreu com diversos protestos populares, que reclamavam do custo de serviços públicos, como o transporte.

Os restos mortais de Piñera foram encaminhados a Santiago, capital do Chile, na sede do antigo Congresso, inicialmente para visitação de convidados. Na quinta-feira, 8, o velório deve ocorrer com abertura ao público, antes do sepultamento, previsto para sexta, 9.

Publicações relacionadas