Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > MUNDO
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
04/07/2024 às 7:51 - há XX semanas | Autor: AFP

ALERTA

Furacão Beryl avança em direção ao México depois de atingir a Jamaica

Fenômeno está na categoria 4, a segunda mais elevada na escala

Dezenas de embarcações danificadas em Barbados
Dezenas de embarcações danificadas em Barbados -

O furacão Beryl sacudiu a costa sul da Jamaica na quarta-feira,3, com perigosos ventos e tempestades, e deve atingir o México nesta quinta,4, após deixar pelo menos sete mortos e danos significativos no sudeste do Caribe e na Venezuela.

Beryl é um furacão de categoria 4, a segunda mais elevada na escala, e é particularmente potente para este início de temporada, com ventos que atingem até 215 km/h, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

A passagem pela ilha da Jamaica deixou mais de 400 mil moradores sem energia elétrica e ainda são esperadas "inundações repentinas e deslizamentos de terra vinculados às chuvas torrenciais", segundo o NHC.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, o primeiro-ministro jamaicano, Andrew Holness, pediu aos moradores que "respeitem as ordens de evacuação".

"Se você vive em uma área baixa, historicamente propensa a inundações e deslizamentos de terra, ou se mora perto de um rio, eu imploro que siga para um abrigo ou um local mais seguro", disse.

O Beryl deve passar próximo ou sobre as Ilhas Cayman, antes de seguir em direção ao México e Belize, segundo o NHC.

Na península de Yucatán, sudeste do México, as autoridades ordenaram o fechamento das escolas e prepararam mais de 100 abrigos para a população. Também anunciaram a mobilização de centenas de militares e técnicos para reparos nas linhas de energia.

Mudança climática

Segundo especialistas, é muito raro que uma tempestade tão poderosa se forme tão cedo na temporada de furacões do Atlântico, que vai de início de junho a final de novembro.

As águas do Atlântico Norte estão entre um e três graus Celsius mais quentes que o normal, destacou a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA).

Este é o primeiro furacão a alcançar a categoria 4 em um mês de junho e a categoria 5 em julho desde o início dos registros do NHC.

Os cientistas acreditam que as mudanças climáticas, que provocam o aquecimento das águas dos oceanos que favorecem estas tempestades, estão aumentando a probabilidade de rápida intensificação dos fenômenos, assim como o risco de furacões mais potentes.

O secretário da ONU para o clima, Simon Stiell, que tem família na ilha de Carriacou (Granada), afirmou que a mudança climática está "levando as catástrofes a níveis de destruição sem precedentes".

O furacão deixou pelo menos sete mortos em seu caminho, três deles em Granada, onde a tempestade tocou o solo na segunda-feira; um em São Vicente e Granadinas e três na Venezuela, de acordo com autoridades locais.

O primeiro-ministro de Granada, Dickon Mitchell, afirmou que a ilha de Carriacou ficou quase isolada, com casas, telecomunicações e instalações de combustível devastadas após a passagem do furacão.

Seu homólogo de São Vicente e Granadinas, Ralph Gonsalves, declarou que "90% das casas" foram destruídas na ilha de União e alertou que reconstrução exigirá um "esforço hercúleo".

A NOAA alertou no final de maio que a temporada seria extraordinária, com a possibilidade de quatro a sete furacões de categoria 3 ou superior.

As previsões estão relacionadas, em particular, com o desenvolvimento previsto do fenômeno meteorológico 'La Niña', assim como com as temperaturas muito elevadas no Oceano Atlântico, segundo a NOAA.

Assuntos relacionados

Beryl clima Desastres Naturais Furacão Jamaica méxico

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Beryl clima Desastres Naturais Furacão Jamaica méxico

Cidadão Repórter

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Beryl clima Desastres Naturais Furacão Jamaica méxico

Publicações Relacionadas

A tarde play
Dezenas de embarcações danificadas em Barbados
Play

Foguete cai após ser lançado acidentalmente na China

Dezenas de embarcações danificadas em Barbados
Play

Bombou! Jovem da BA viraliza no Chile ao tirar foto de biquíni na neve

Dezenas de embarcações danificadas em Barbados
Play

Biden “trava” em debate com Trump e aliados pedem troca de candidato

Dezenas de embarcações danificadas em Barbados
Play

Fotógrafo brasileiro expõe ação de batedores de carteira em Paris

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA