Internautas defendem Trump após ser condenado pela Justiça dos EUA | A TARDE
Atarde > Mundo

Internautas defendem Trump após ser condenado pela Justiça dos EUA

Ex-presidente americano estava sendo acusado de comprar o silêncio da ex-atriz pornô Storm Daniels

Publicado segunda-feira, 03 de junho de 2024 às 14:58 h | Autor: Da Redação
Apesar da condenação judicial, Trump foi absolvido por apoiadores nas redes sociais
Apesar da condenação judicial, Trump foi absolvido por apoiadores nas redes sociais -

O júri considerou o ex-presidente americano Donald Trump culpado de todas as 34 acusações que pesavam contra ele, durante o julgamento a última quinta-feira, 30, em Nova York (EUA). Trump estava sendo acusado de comprar o silêncio da ex-atriz pornô Storm Daniels, para que não revelasse informações sobre a relação de ambos.

Com uma posição que atrai voto conservador e religioso, a relação extraconjugal poderia ter influenciado no resultado das eleições de 2016. Naquele ano, Trump foi eleito presidente dos Estados Unidos ao derrotar a adversária Hillary Clinton.

Apesar da condenação judicial, Trump foi absolvido por apoiadores nas redes sociais. Ele acusa o sistema Judiciário de ser parcial e passou a se autodenominar como preso político. 

No entanto, Trump também conquistou defensores no Brasil, segundo monitoramento da Palver de grupos públicos de WhatsApp e Telegram. Usuários ligados a grupos de direita escreveram mensagens sobre perseguição e tentativa de influenciar as eleições presidenciais que irão ocorrer em novembro.

Diversas mensagens ligaram a condenação de Trump à Rede Globo, acusando a emissora de patrocinar uma campanha de difamação contra o ex-presidente. Em um vídeo que circulou nos grupos, um usuário, que se identifica como pastor, afirma que a Globo teme a volta de Trump, pois este teria capacidade de cortar recursos da emissora e prejudicar os programas da GloboNews.

Muitos usuários tentaram fazer a ligação de Trump a Bolsonaro, apontando que ambos passam por situações similares, uma vez que enfrentam acusações judiciais referentes ao tempo em que estiveram na presidência. A grande maioria acredita que Trump irá reverter a decisão nas próximas instâncias, pois consideram o julgamento falho e conduzido de forma política pelo juiz Juan Merchan.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS