Luta entre Musk e Zuckerberg será transmitida pelo X, antigo Twitter | A TARDE
Atarde > Mundo

Luta entre Musk e Zuckerberg será transmitida pelo X, antigo Twitter

Musk publicou em sua página estar "pronto para uma luta na gaiola"

Publicado domingo, 06 de agosto de 2023 às 19:36 h | Atualizado em 06/08/2023, 20:11 | Autor: AFP
Dois grandes empresários do setor tecnológico defendem pontos de vista opostos sobre o mundo
Dois grandes empresários do setor tecnológico defendem pontos de vista opostos sobre o mundo -

O magnata Elon Musk disse neste domingo, 6, que seu eventual combate de artes marciais mistas (MMA) contra Mark Zuckerberg, criador do Facebook, será transmitido pela sua rede social X, como agora se chama o Twitter. 

"A luta Zuck x Musk será transmitida ao vivo no X", anunciou Musk em sua conta na plataforma, e acrescentou que "todos os lucros serão destinados a instituições de caridade para veteranos" de guerra. 

Em concorrência direta desde o lançamento do Threads by Meta - que oferece as mesmas funções que X e conta com 120 milhões de usuários desde sua estreia no início de julho, segundo a Quiver Quantitative -, Zuckerberg e Musk multiplicaram as trocas de farpas. 

No final de junho, Musk publicou em sua página estar "pronto para uma luta na gaiola", referindo-se à gaiola na qual as lutas de MMA são realizadas. 

Zuckerberg, um adepto das artes marciais que compete no jiu-jitsu e publica vídeos de lutas, respondeu no Instagram com uma captura de tela da mensagem de Elon Musk, seguido das palavras "Envie-me o local". 

A troca de mensagens provocou uma onda de reações nas redes sociais, assim como de apostas sobre o possível vencedor, com Zuckerberg emergindo como o franco favorito. 

Os dois grandes empresários do setor tecnológico defendem pontos de vista opostos sobre o mundo, desde a política até a inteligência artificial. 

Mas a animosidade entre eles se intensificou ainda mais com a chegada de um possível concorrente direto do Twitter. 

Após comprar o Twitter por 44 bilhões de dólares (227 bilhões de reais na cotação da época), Musk realizou demissões na empresa e reabriu a plataforma para contas de teorias da conspiração, o que se traduziu em uma perda de receitas publicitárias. 

Publicações relacionadas