Netanyahu: 'Lula cruzou linha vermelha e banalizou o Holocausto' | A TARDE
Atarde > Mundo

Netanyahu: 'Lula cruzou linha vermelha e banalizou o Holocausto'

Mais cedo, Lula disse que o Exército israelense comete genocídio e comparou ataques a Gaza à matança de Hitler

Publicado domingo, 18 de fevereiro de 2024 às 14:24 h | Autor: Da Redação
Mais cedo, o ministro de Relações Exteriores, Israel Katz, convocou o embaixador brasileiro em Tel Aviv para uma “dura conversa de repreensão”
Mais cedo, o ministro de Relações Exteriores, Israel Katz, convocou o embaixador brasileiro em Tel Aviv para uma “dura conversa de repreensão” -

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse, neste domingo, 18, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) “cruzou uma linha vermelha” em suas declarações recentes sobre a guerra na Faixa de Gaza.

Durante a coletiva de imprensa que encerrou sua viagem à África, Lula disse que o Exército israelense comete genocídio contra os palestinos e comparou as ações dos militares israelenses na Faixa de Gaza à matança de judeus de Adolf Hitler.

“As palavras do presidente do Brasil são vergonhosas e graves. Trata-se de banalizar o Holocausto e de tentar prejudicar o povo judeu e o direito de Israel se defender”, publicou Netanyahu no X (antigo Twitter).

“Comparar Israel ao Holocausto nazista e a Hitler é cruzar uma linha vermelha. Israel luta pela sua defesa e pela garantia do seu futuro até à vitória completa e faz isso ao mesmo tempo que defende o direito internacional”, acrescentou o premiê.

Mais cedo, o ministro de Relações Exteriores, Israel Katz, convocou o embaixador brasileiro em Tel Aviv para uma “dura conversa de repreensão”.

Publicações relacionadas