Ômicron já circulava na Europa antes de ser identificada na África do Sul

Publicado terça-feira, 30 de novembro de 2021 às 15:10 h | Atualizado em 30/11/2021, 15:17 | Autor: Da Redação

A variante da Covid-19 batizada de Ômicron, já circulava na Europa antes dos primeiros casos identificados na África do Sul, onde a origem é atribuída. O Instituto Holandês de Saúde e Meio Ambiente anunciou nesta terça-feira, 30, que amostras colhidas há ao menos 11 dias já apontavam a variante.

A África do Sul relatou os primeiros casos da Ômicron à Organização Mundial da Saúde no dia 24 de novembro. As amostras analisadas na Holanda foram colhidas nos dias 19 e 23 de novembro em 14 pessoas que chegaram ao país de voos de Joanesburgo e da Cidade do Cabo.

Cerca de 71 passageiros de voos oriundos da África do Sul contraíram a variante e entraram em isolamento.

"Encontramos a variante Ômicron do coronavírus em duas amostras de teste que foram coletadas em 19 e 23 de novembro", disse o instituto. Não está claro ainda se essas pessoas visitaram o sul da África".

Após a descoberta dos casos da Ômicron, a Holanda endureceu medidas de combate contra a Covid-19. O país estuda realizar a testagem em massa de cerca de 5 mil pessoas que desembarcaram de voos de sete países.

Publicações relacionadas