Papa cancela participação em Via Sacra 'para preservar saúde' | A TARDE
Atarde > Mundo

Papa cancela participação em Via Sacra 'para preservar saúde'

O pontífice argentino também havia cancelado sua participação nesta cerimônia em 2023

Publicado sábado, 30 de março de 2024 às 14:43 h | Atualizado em 30/03/2024, 16:44 | Autor: AFP
A tradicional via-crúcis da Sexta-feira Santa no Coliseu é um dos eventos mais importantes da Igreja Católica
A tradicional via-crúcis da Sexta-feira Santa no Coliseu é um dos eventos mais importantes da Igreja Católica -

O papa Francisco, de 87 anos, cancelou de última hora sua participação na Via-Sacra, nesta sexta-feira, 29, no Coliseu de Roma, em um contexto de preocupação com sua saúde debilitada.

"Para preservar sua saúde, na preparação para a vigília de amanhã e a missa do Domingo de Páscoa, o papa Francisco acompanhará a via-crúcis do Coliseu da residência de Santa Marta", anunciou o Vaticano em um comunicado.

A cadeira do papa já estava instalada em uma colina do Coliseu, mas logo após o anúncio, momentos antes do início da cerimônia, os organizadores a retiraram.

"Trata-se simplesmente de uma medida de precaução", informou à AFP uma fonte do Vaticano, assegurando que a saúde do papa, que nas últimas horas esteve "em boa forma", não suscita "nenhuma preocupação particular".

O pontífice argentino também havia cancelado sua participação nesta cerimônia em 2023 por motivos de saúde, mas no ano passado o Vaticano informou com antecedência que o papa não participaria, pois se recuperava de uma hospitalização devido a uma bronquite.

A tradicional via-crúcis da Sexta-feira Santa no Coliseu é um dos eventos mais importantes do calendário da Igreja Católica e milhares de fiéis de vários países, muitos com velas nas mãos, se reuniram em silêncio para acompanhar este rito da Semana Santa.

Em um fato inédito desde que foi eleito em 2013, o papa redigiu os textos que serão pronunciados em cada uma das 14 estações que simbolizam o calvário de Jesus, segundo a tradição católica.

O Vaticano informou que estas meditações são "uma conversa frente a frente com Cristo, composta de reflexões, interrogações, introspecções, confissões e invocações".

Agenda

Na manhã deste domingo, o papa tem previsto celebrar a missa de Páscoa na Praça de São Pedro, antes de proferir a bênção "Urbi et Orbi" (para a cidade e o mundo), que costuma versar sobre os conflitos no mundo.

O Vaticano informou, em fevereiro, que o papa sofreu de "um leve estado gripal" e que foi examinado em um hospital romano. Desde então, cancelou sua participação em alguns eventos.

Jorge Bergoglio, que com frequência se desloca em cadeira de rodas e é afetado por vários problemas de saúde, foi submetido a uma cirurgia abdominal em 2023, tem problemas crônicos no joelho e sofreu várias infecções respiratórias nos últimos meses.

Em dezembro, ele cancelou sua participação na cúpula do clima da ONU, a COP28, em Dubai, também devido a uma bronquite.

No domingo passado, Francisco presidiu a missa do Domingo de Ramos, mas não pronunciou a homilia, como estava previsto.

Publicações relacionadas