Primeiro-ministro do Japão anuncia que vai deixar o cargo

Publicado sexta-feira, 03 de setembro de 2021 às 14:12 h | Atualizado em 03/09/2021, 14:17 | Autor: Da Redação

O primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, anunciou nesta sexta-feira, 03, que deixará o cargo após um ano de mandato. Em setembro de 2020 ele assumiu o posto após o antecessor, Shinzo Abe, alegar problemas de saúde.

Yoshihide anunciou, durante reunião de emergência de líderes do Partido Liberal Democrático, que vai permanecer no cargo até a escolha do sucessor.

O secretário-geral do PLD, Toshihiro Nikai, afirmou que foi pego de surpresa com a decisão. "Hoje, na reunião executiva, o presidente Suga disse que quer concentrar seus esforços em medidas contra o coronavírus e não vai contestar a eleição do líder do partido".

O anúncio acontece alguns dias após uma pesquisa mostrar que o primeiro-ministro estava com apenas 31% de aprovação. Ele foi bastante criticado pela forma como conduziu a crise do coronavírus no país. Entre as medidas contra a Covid-19, Suga deve determinar restrições, como espécie de toque de recolher e controle de clientes em lojas.

Desde o início da pandemia, o Japão registrou mais de 15 mil mortes causadas pela Covid-19.

Publicações relacionadas