Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > MUNDO
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
06/01/2024 às 19:34 - há XX semanas | Autor: AFP

Sobe para 126 o número de mortos do terremoto no Japão

O terremoto de magnitude 7,5 atingiu a província de Ishikawa na segunda-feira, 1º

Mais de 200 pessoas estão desaparecidas
Mais de 200 pessoas estão desaparecidas -

As equipes de resgate japonesas vasculham os escombros neste sábado, 6, quase sem esperança de encontrar sobreviventes, cinco dias depois do terremoto que atingiu o centro do país no dia de Ano Novo e deixou pelo menos 126 mortos.

O número de mortos no terremoto de magnitude 7,5 que atingiu a província de Ishikawa na segunda-feira deve continuar aumentando, com mais de 200 pessoas desaparecidas, segundo as autoridades.

O trabalho dos socorristas tem sido dificultado pelo mau tempo, que será agravado pela queda de neve prevista para domingo, e pelos danos nas estradas, que estão quase inutilizáveis.

Duas idosas foram resgatadas com vida das ruínas de suas casas na quinta-feira, mas não houve novas notícias encorajadoras desde então.

Em Suzu, onde dezenas de casas ficaram em ruínas, um cão de resgate ajudou nos esforços de resgate.

"Eles são treinados para latir quando detectam uma pessoa nos escombros", explicou Masayo Kikuchi, seu treinador, à AFP.

As casas onde são encontrados os mortos são sinalizadas e os socorristas aguardam a chegada de um legista que poderá identificar o corpo junto com os familiares.

No porto da cidade, barcos de pesca foram vistos afundados ou levados à costa pelas ondas do tsunami provocado pelo terremoto, que acredita-se ter arrastado pelo menos uma pessoa.

ortes réplicas abalaram a região desde o devastador terremoto de segunda-feira, que causou deslizamentos de terra, um grande incêndio e um tsunami com ondas de mais de um metro de altura.

"Eu estava relaxando no dia de Ano Novo quando o terremoto começou. Meus parentes estavam todos lá e nos divertíamos", disse Hiroyuki Hamatani, 53 anos, à AFP em meio a veículos queimados e postes caídos.

"A casa ficou de pé mas não está habitável (...) não tenho espaço na cabeça para pensar no futuro", acrescentou.

Rezar pelos mortos

"Rezamos sinceramente pelo repouso das almas daqueles que morreram", disse o primeiro-ministro, Fumio Kishida, na rede social X.

Quase 23.800 casas ficaram sem eletricidade na região de Ishikawa e mais de 66.400 estão sem água potável. Os cortes de água e energia também afetaram hospitais e instalações de cuidados para idosos e pessoas com deficiência.

Mais de 31.400 pessoas foram alojadas em 357 abrigos e muitas comunidades permanecem isoladas.

"Estamos fazendo o nosso melhor para realizar resgates em cidades isoladas (…). Contudo, a realidade é que o isolamento não foi resolvido na medida que gostaríamos", admitiu o governador regional, Hiroshi Hase, na sexta-feira.

O Japão registra centenas de terremotos todos os anos. A maioria não causa danos graças aos rigorosos regulamentos de construção em vigor há mais de quatro décadas.

Em 2011, um terremoto subaquático de magnitude 9 desencadeou um tsunami que deixou cerca de 18.500 mortos ou desaparecidos.

O terremoto também causou danos à usina nuclear de Fukushima, causando um dos piores desastres nucleares da história.

Assuntos relacionados

deficiência Japão resgate Terremoto Tsunami

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

deficiência Japão resgate Terremoto Tsunami

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

deficiência Japão resgate Terremoto Tsunami

Publicações Relacionadas

A tarde play
Mais de 200 pessoas estão desaparecidas
Play

Fotógrafo brasileiro expõe ação de batedores de carteira em Paris

Mais de 200 pessoas estão desaparecidas
Play

Vídeo: Papa Francisco faz oração pelo povo gaúcho em missa no Vaticano

Mais de 200 pessoas estão desaparecidas
Play

Vídeo: colisão de helicópteros militares na Malásia deixa 10 mortos

Mais de 200 pessoas estão desaparecidas
Play

Vídeo: Bebê palestino nasce após morte da mãe em ataque aéreo

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA