adblock ativo

Terra ficou o mais perto possível do Sol nesta terça

Durante o evento, conhecido como periélio, o Sol parece 3,6% maior e cerca de 7% mais brilhante

Publicado terça-feira, 04 de janeiro de 2022 às 19:20 h | Atualizado em 04/01/2022, 19:21 | Autor: Da Redação
Evento aconteceu por volta das 3h52 e a Terra ficou a 147,1 milhões de km de distância do Sol
Evento aconteceu por volta das 3h52 e a Terra ficou a 147,1 milhões de km de distância do Sol -
adblock ativo

A Terra esteve em seu ponto mais próximo do Sol nesta terça-feira, 4. Durante o evento, conhecido como periélio, o Sol parece 3,6% maior e cerca de 7% mais brilhante do que no afélio, fenômeno contrário no qual o planeta alcança sua máxima distância do astro.

O periélio aconteceu por volta das 3h52 (horário de Brasília) e a Terra ficou a 147,1 milhões de km de distância do Sol — em média, ela está a 149,5 milhões de km de distância. Já no afélio, que vai ocorrer em julho, Terra e Sol registram 152,1 milhões de km de distância.

Apesar dos eventos não serem responsáveis pelas estações do ano, periélio e afélio podem refletir na duração delas. Quando mais próxima do Sol, a Terra se desloca mais rapidamente em sua órbita e o verão no hemisfério Sul dura cinco dias a mais.

A relação entre a distância do Sol e o movimento orbital da Terra é baseada nas observações do astrônomo Johannes Kepler, que, no século XVII, percebeu que os planetas viajam pelo Sistema Solar em um movimento elíptico e não um círculo perfeito.

Quando um planeta está mais próximo do Sol, ele se desloca com mais rapidez em sua órbita e, quando afastado, mais devagar. 

adblock ativo

Publicações relacionadas