adblock ativo

Vazamento na ISS não foi tão ruim, diz astronauta

Publicado sexta-feira, 22 de setembro de 2006 às 15:56 h | Atualizado em 22/09/2006, 15:56 | Autor: Agencia Estado
adblock ativo

O vazamento de um produto químico potencialmente tóxico na Estação Espacial internacional (ISS), no início da semana, foi muito menos dramático do que pareceu a princípio, e não deixou ninguém doente, disse o astronauta alemão Thomas Reiter, que faz parte da tripulação atual da base orbital.

Falando por videoconferência numa entrevista coletiva no Centro Europeu de Astronautas, Reiter disse que o vazamento, descrito pela Nasa como fruto de uma reação química, "tinha um cheiro bem forte", mas foi controlado rapidamente. "Foi bem menos dramático do que pode ter parecido da Terra", disse ele.

O vazamento ocorreu enquanto os seis astronautas do Atlantis preparavam-se para voltar à Terra, e antes da chegada da nave Soyuz com dois novos astronautas a bordo, além da turista espacial Anousheh Ansari. A presença de tanta gente na ISS deixou o lugar "extra lotado", disse Reiter, mas acrescentou que Ansari está aproveitando a visita e tirando muitas fotografias. "O clima a bordo é bom", afirmou ele.

Assim que Soyuz partir, levando dois astronautas que estão na ISS há vários meses, além de Ansari, Reiter e os novos tripulantes começarão a trabalhar nos preparativos para uma nova expansão da ISS. Ao longo de 2007, novos painéis solares serão instalados e um novo laboratório, o Columbus, será acrescentado à estrutura.

adblock ativo

Publicações relacionadas