adblock ativo

Editorial - Cuidado com a pele

Publicado domingo, 05 de dezembro de 2021 às 11:00 h | Atualizado em 05/12/2021, 11:02 | Autor: Da Redação
Dezembro Laranja alerta sobre importância da fotoproteção | Foto: Gilberto Junior | Ag. A TARDE
Dezembro Laranja alerta sobre importância da fotoproteção | Foto: Gilberto Junior | Ag. A TARDE -
adblock ativo

O prazer da exposição ao sol, gerando absorção de vitaminas e proveito estético na pele, não deveria gerar um mal maior, qual seja, produzir um câncer, nos casos de quem não faz o cálculo prudencial, considerando necessário o uso de produtos de proteção a fim de preservar a vida como valor maior.

Vamos verificar melhor se há boas razões para uma plena adesão ao hedonismo sem os devidos limites, sabendo-se o perigo, conforme está bem divulgado na campanha Dezembro Laranja, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, para destacar a importância da fotoproteção.

O investimento em filtros  ganha plena justificativa neste verão, devido a maior presença de banhistas, em razão do recuo dos números relacionados ao contágio e aos óbitos por causa da crescente imunização. O alerta geral para o incentivo a moderação será distribuído em conteúdos postados em redes sociais, com orientações de cuidados, vídeos produzidos por médicos dermatologistas e gravações de personalidades estimulando os brasileiros a acautelarem-se.

As entidades participantes do mutirão montaram uma rede nacional, além de mobilizar recursos para iluminação de monumentos na cor laranja e multiplicação das mensagens em todos os canais de comunicação disponíveis para acolher o material informativo.

Caso a pessoa escolha receber os raios solares sem qualquer tipo de barreira, é passível de sofrer os efeitos do tumor, definido como a multiplicação sem controle de células produtoras de melanina, afecção de maior incidência nos adultos brancos, oferecendo maior risco de morte tanto mais se deixe para depois a confirmação do diagnóstico preciso.

Tendo em vista a possibilidade de o alerta ter sido recebido tarde demais, é importante verificar se há manchas ou sinais em qualquer parte do corpo, pois trata-se de um indício para este tipo de neoplasia maligna cuja incidência chega a 30% do total no país.

adblock ativo

Publicações relacionadas