adblock ativo

Editorial - Os doadores de vida

Publicado sexta-feira, 03 de setembro de 2021 às 06:00 h | Atualizado em 02/09/2021, 21:42 | Autor: Da Redação
adblock ativo

Contribuir para o bom destino das pessoas desconhecidas pode ser a virtude dos doadores, praticantes de solidariedade, por autorizar cessão de órgãos, ossos e tecidos, ao aderir à Campanha Setembro Verde, criada para chamar atenção sobre a importância do gesto.

Bastava ajudar um só paciente para ter seu valor moral reconhecido, mas a iniciativa alcança até 50 indivíduos, por doador, multiplicando vidas após a própria finitude, pela capacidade de contribuir a fim de manter as chances de sobrevivência daqueles em situação de desespero.

A legislação brasileira facilita atitude baseada no sentimento de compaixão, embora não seja suficiente manifestar desejo prévio a familiares, autorizando retirada, tão logo se confirme o óbito, distribuindo esperança à longa fila de aflitos pela oportunidade de sobrevida.

Caberia tão somente atender à vontade expressa pelos generosos, no entanto, os vivos costumam interpor dificuldades, pois mesmo constando pedido na documentação, cônjuges e parentes até segundo grau precisam confirmar a retirada sem perder o prazo estabelecido.

Estão agora, neste exato momento, milhares à espera, no Sistema de Lista Única do Ministério da Saúde, prontos para receber coração, fígado, pâncreas, pulmão, rim, medula óssea e córnea.

Como resultado de uma série de fatores, ainda carentes da investigação de excelência, mas seguramente por lacuna na formação educacional, o assunto vem sendo tratado com desdém, receio e até algum misticismo por numeroso contingente de desinformados.

Preocupada com este aspecto de divergentes, a Sociedade Brasileira de Transplante tem promovido ações de conscientização com objetivo de reduzir dificuldade de entendimento por parte de potenciais colaboradores.

A polêmica tem o condão de ajudar a cidadania a ampliar o debate sobre o tema, tendo como resultado possível o avanço em combinar livremente a melhor forma de conduzir a estratégia mobilizadora do senso comum, visando defender a ciência e a vida.

adblock ativo

Publicações relacionadas