adblock ativo

Espaço do Leitor: Ranking de líderes

Publicado sábado, 26 de março de 2016 às 11:00 h | Atualizado em 19/11/2021, 07:25 | Autor: [email protected]
adblock ativo

A revista norte-americana Fortune, na sua lista de líderes mundiais, colocou o juiz federal Sérgio Moro em 13º lugar dentre 50 nomes selecionados, em que o Papa Francisco aparece em 4º e a primeira ministra alemã Angela Merkel em 2º. A revista levou em conta a atuação firme e corajosa de Sérgio Moro na operação Lava Jato e que contou com o excelente trabalho de investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. Isso nos enche de orgulho. Apenas algumas vontades contrariadas discordam dessa consagração. É como disse Nelson Rodrigues: toda unanimidade é burra, mas às vezes a "minoria" está com a razão, na nossa opinião. Carlos de Carvalho, carlos.carvalho [email protected]

Ordem e harmonia social

O posicionamento do Exmo. Ministro Teori Zavascki condenando a transgressão à Constituição e à ordem democrática, praticada por setores politizados do Judiciário, em claro excesso de suas funções, nos dá esperança de recuperação da ordem e harmonia social perdida nos últimos dias. É o que espera o povo brasileiro. Erivan Augusto Santana, [email protected] gmail.com

Lista da Odebrecht

Quem terá vazado a lista? Quem dela sabia, claro! Terá sido Sérgio Moro, para afrontar Teori e ajudar a "melar" a Lava-Jato? Improvável... A PF, que vem tendo uma atuação competente e da maior correção na apuração dos fatos, crescendo, em respeito, aos olhos da população? Só se houver um traíra por lá, adulador do novo ministro da Justiça, doido para interferir na magna operação ético-criminal. Neste caso, é possível... A Odebrecht que declarou estarem seus diretores dispostos a uma "colaboração definitiva" - que todos supõem sinônimo de delação premiada - sem combinar com o MPF ou PF, tentando confundir e não explicar (à Chacrinha), juntando joio e trigo, gente com e sem foro especial, e então fugir do Moro? Acho que é por aí, uma colaboração definitiva ... com o PT. Roberto Viana Santos, [email protected]

Desigualdades

Em 2012 a Polícia Federal grampeou o telefone do contraventor do jogo de bicho, o Carlinhos Cachoeira. O então senador da República Demóstenes Torres, detentor de foro privilegiado, ao ligar para Carlinhos, teve a sua conversa gravada. Na época o ministro da Justiça José Eduardo Cardoso afirmou que o foro privilegiado não servia para acobertar atos ilícitos e os grampos eram legais. Isso custou ao senador a sua cassação e perda dos direitos políticos. Agora o mesmo José Eduardo Cardoso afirma que a gravação da conversa de Dilma, que tem foro privilegiado, com Lula, que teve o telefone grampeado autorizado pela Justiça, trata-se de um golpe. E com essa manobra espúria consegue tirar o processo das mãos do juiz Sérgio Moro e transferí-lo para o STF. Quanta sujeira! Por acaso o foro especial de Dilma é diferente de um senador da República ? A Advocacia Geral da União (AGU) tem como princípio constitucional defender os direitos do Estado Brasileiro, e não de pessoas. Luiz Felipe Schittini, fschittini @gmail.com

A nova Comissão da Verdade

O PT agora quer que se apurem os crimes graves cometidos contra o estado brasileiro por todos os partidos, e não somente os seus, que são a quase totalidade. Parece lógico, mas, quando "eles" instituíram a tal Comissão da Verdade (CV), perdoaram-se, de antemão. A CV deles é a Lava Jato. Roberto Maciel, [email protected]

Artigo de Jorge Portugal

Quero também me manifestar sobre o artigo de Jorge Portugal (A TARDE, 22/03). O secretário, homem inteligente que passa uma imagem de simplicidade, parece achar que a maioria dos brasileiros está errada e tenta tapar o sol com a peneira. Talvez considere essa maioria pertencente à "zelite branca", golpista e fascista, pois assim são rotulados aqueles que criticam o governo do PT. Devo dizer que em 2002 votei em Lula acreditando que ele iria colocar em prática seu discurso histórico, fato que não se concretizou. A diminuição das desigualdades sociais se deteriorou e a ética e a moral deram lugar à mentira e à corrupção. O que vemos hoje é o elevado índice de desemprego (9,5%), inflação galopante, insegurança assustadora, saúde na UTI, rombo de 96 milhões, queda na renda dos trabalhadores, PIB pífio, dívida externa monstruosa, economia estagnada. Qual a reforma que o PT fez? Nenhuma. Como disse o senador Walter Pinheiro, "não chegamos a esta situação por acaso, nem podemos imputar a fatores externos". Sua origem está na incompetência administrativa da presidente Dilma. A verdade é que o Brasil perdeu o rumo e o prumo e falta credibilidade ao governo. O secretário Jorge Portugal no seu texto fez uso de conhecidos chavões para deturbar conceitos e confundir a realidade dos fatos, chama a imprensa de golpista quando golpistas são os que tentam silenciá-la ou controlá-la. Vai ter luta sim, secretário Jorge Portugal, luta pela democracia e contra a corrupção. Não queremos que o Brasil se transforme numa Venezuela. Ultimamente estamos vendo o fanatismo político crescendo no Brasil, uma guerra de cores partidárias, o que é preocupante e lamentável. Para concluir, quero me congratular com Oscar Dourado pela sua réplica "Assim, não!" (A TARDE, 25/03). Reinaldo Mauro de Oliveira, [email protected] oi.com.br

Divaldo Franco - I

Leio sempre a coluna do maior palestrante espírita do momento, sempre oportuna, chega na hora certa de refletir sobre situações de nosso cotidiano que não queremos entender e ficamos inertes, esperando ajuda sem que façamos nenhum esforço para avançar rumo ao progresso moral. Agradeço ao jornal a iniciativa de ter Divaldo Franco entre seus colaboradores. Adailsa da Silva Batista, [email protected] gmail.com

Divaldo Franco - II

Parabenizamos pela veiculação do artigo "Serenidade", de autoria do sr. Divaldo Pereira Franco, na edição do dia 24.03.16, em que os valores nobres de uma reflexão profunda sobre nossas atitudes apontam luzes na escuridão em que estamos envolvidos em dias tão sombrios, em nossa nação. Que esse nobre jornal possa continuar oferecendo felizes oportunidades de leituras e reflexões tão edificantes. Joan Borges Barreto, [email protected]

Erro de juiz

O juiz desse jogo Vitória x Flamengo deve ser de fora de Salvador, porque na Bahia os juízes só erram contra os pequenos. A prova foi domingo, quando o juiz ficou cego no pênalti. Cuidado, Flamengo. Que vergonha! José Menezes, [email protected] com

adblock ativo

Publicações relacionadas