Após determinação do TCU, Bolsonaro devolve kit de joias sauditas | A TARDE
Atarde > Política

Após determinação do TCU, Bolsonaro devolve kit de joias sauditas

Ex-presidente também irá devolver as armas recebidas de autoridades dos Emirados Árabes Unidos em 2019

Publicado sexta-feira, 24 de março de 2023 às 09:55 h | Atualizado em 24/03/2023, 10:10 | Autor: Da Redação
Todas as joias foram enviadas para a Caixa Econômica Federal
Todas as joias foram enviadas para a Caixa Econômica Federal -

Após determinação do TCU (Tribunal de Contas da União), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) devolveu um kit de joias que recebeu como presente da Arábia Saudita. No acervo, estão um relógio, caneta, abotoaduras, anel e um tipo de rosário, todos da marca suíça de diamantes Chopard. Todas as joias foram enviadas para a Caixa Econômica Federal. 

A determinação aconteceu no dia 15 de março, quando o TCU pediu que os presentes fossem entregues na Secretaria-Geral da Presidência da República. A avaliação foi de que para um presente ser incorporado ao patrimônio privado de um presidente, deveria ser classificado como item personalíssimo e ser de baixo valor.

Bolsonaro confirmou a devolução do kit de joias na quinta-feira, 23. Na ocasião, também afirmou que devolverá as armas recebidas por ele como presente de autoridades dos Emirados Árabes Unidos em 2019, "com dor no coração".

"Confesso, com dor no coração, vou entregar as armas, com dor no coração, tá o meu nome lá, eu pagaria o que tenho no meu bolso aqui por aquelas duas armas, mas não vamos criar qualquer polêmica no tocante em si, às armas", disse o ex-presidente em entrevista à TV Record. 

Além do kit devolvido pelo ex-presidente, o TCU ainda determinou que o conjunto de joias e relógio avaliado em R$ 16,5 milhões que seria para a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, retido pela Receita no aeroporto de Guarulhos (SP) em 2021, também seja enviado à Caixa.

Publicações relacionadas