Após expulsão do DEM, Maia faz série de ataques a ACM Neto

Publicado terça-feira, 15 de junho de 2021 às 21:01 h | Atualizado em 15/06/2021, 21:06 | Autor: Da Redação

Com uma rusga que se arrasta desde a última eleição da Câmara dos Deputados, o deputado federal Rodrigo Maia atacou o presidente do DEM, ACM Neto, após ser expulso do partido depois de um desentendimento público. Em uma série de ataques, Maia comparou o antigo aliado a Tomás de Torquemada (1920-1948), inquisidor conhecido por ordenar mortes na Espanha em uma época de dominação da Igreja Católica.

O ex-presidente da Câmara foi além e, em vídeo enviado à GloboNews, atacou o que para ACM Neto tem grande valor: o seu "DNA". 

“Eu estava lembrando agora, perplexo, que em 2005, o presidente nacional do Democratas, o nosso [Tomás] Torquemada, ameaçou dar uma surra no presidente Lula [...] Imagina se ele tinha condições de dar uma surra em alguém, principalmente no presidente da República. Mas isso mostra o caráter, mostra a diferença de origem. A origem dele, o DNA dele, é o fortalecimento pela ditadura", provocou, em referência ao ex-governador da Bahia, Antônio Carlos Magalhães, avô do ex-prefeito da capital baiana.

Na última sexta-feira, 11, Maia teria tido uma reunião secreta com o ex-presidente Lula, no gabinete do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, segundo a colunista Malu Gaspar, do Globo, quando se ofereceu para ajudar na articulação política.

Em nota, ACM Neto garantiu que a expulsão de Maia, que em março avisou que pediria a sua desfiliação, foi unanimidade dentro do partido e todos deram o seu voto a favor.

Nesta terça-feira, 15, o deputado compartilhou um artigo do colunista Reinaldo Azevedo sobre o possível fim político do DEM e concordou, voltando a se referir a Neto como o inquisidor espanhol. "De fato, o Centro perde força. Lamentável", resumiu.

A tendência é que Rodrigo Maia desembarque no PSD, do ex-ministro Gilberto Kassab, que também vai abrigar Eduardo Paes, de saída do DEM. Kassab já sinalizou a favor da candidatura do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, ao Palácio do Planalto.

No DEM, Pacheco seria mais um dos quadros a sair do partido. Diferente da Câmara, a disputa pelo Senado do candidato demista teve o total apoio do presidente da legenda.

Procurada pela reportagem, a assessoria de ACM Neto reforçou que a sua posição era a mesma da divulgada em nota na segunda-feira, 14, após as primeiras manifestações de Maia depois de ser confirmada a sua expulsão da sigla. 

ACM Neto recusou se equiparar ao "desequilíbrio" do ex-presidente da Câmara e destacou que a decisão unânime do partido "fala por si".

“Assim como nunca fiz, não será agora que vou me permitir estar no nível do desequilíbrio e das agressões feitas pelo ex-presidente da Câmara. A decisão da Executiva Nacional do Democratas, adotada à unanimidade dos seus membros, fala por si", diz a nota.

ROMPIMENTO - Até onde se sabe, a origem do rompimento de ACM Neto e Rodrigo Maia, um dos mais proeminentes quadros do partido nos últimos anos, foi na última eleição da Câmara dos Deputados. Enquanto Maia defendia Baleia Rossi (MDB-SP) como o seu sucessor, Neto evitou comentar o seu favoritismo sobre qualquer nome, e deixou o caminho livre para que os correligionários votassem em Arthur Lira (PP-AL), candidato apoiado pelo Palácio do Planalto.

Maia, que já vinha se colocando em lado oposto ao governo Bolsonaro, com frequentes ataques ao presidente, não gostou da falta de interferência de Neto. 

PASSOU - O deputado federal Elmar Nascimento, conterrâneo do presidente da sigla na Bahia, também tentou colocar o seu nome na disputa, mas viu o antigo aliado não fazer nenhum esforço para isso. 

O parlamentar, que deve ir para o PSL para tentar disputar o Senado, foi um dos responsáveis por articular nos bastidores o voto da bancada baiana em Lira, mas ao que tudo indica deve deixar o partido em um clima diferente do de Maia.

Incomodado pelo então presidente da Câmara ter optado por Baleia Rossi, Elmar disse que ele já é "página virada" para o partido, ao Antagonista. 

Publicações relacionadas