Após saída de Bolsonaro do PSL, ACM Neto afirma que partido continua aliado ao DEM na Bahia

Publicado quarta-feira, 13 de novembro de 2019 às 19:52 h | Atualizado em 13/11/2019, 19:56 | Autor: Ashley Malia

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), afirmou nesta quarta-feira, 13, durante uma coletiva de imprensa, que a saída do presidente da República, Jair Bolsonaro, do Partido Social Liberal (PSL) não afetará as alianças na Bahia. Segundo ele, o pacto com o PSL não foi firmado com base em Brasília, mas sim a partir de Salvador e da Bahia.

"Primeiro que o Democratas não está em nenhum tipo de conversa concreta com o PSL. Nós queremos, neste momento, manter distância dessa confusão que está colocada publicamente entre o PSL e o presidente Bolsonaro com o seu grupo. Meu partido, graças a Deus, não tem conflitos internos", disse o prefeito.

ACM Neto comentou, ainda, que o planejamento de crescimento do seu grupo independente do PSL ou do presidente da República. De acordo com ele, não há nenhum diálogo concreto com o PSL sobre qualquer tipo de fusão.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou oficialmente na terça-feira, 12, a sua saída do PSL e a criação de um novo partido, intitulado Aliança Pelo Brasil. A saída de Bolsonaro se deu após uma série de conflitos entre ele e o presidente do partido, Luciano Bivar.

Publicações relacionadas