ACM Neto é ingrato e “pongador”, afirma Éden Valadares

Presidente do PT na Bahia disse que o ex-prefeito tenta se apoderar de obras realizadas por Wagner e Rui

Publicado quarta-feira, 13 de julho de 2022 às 18:49 h | Atualizado em 13/07/2022, 18:49 | Autor: Da Redação
Petista ainda relatou sobre o sentimento de orgulho do Partido por ter promovido grandes avanços em Salvador
Petista ainda relatou sobre o sentimento de orgulho do Partido por ter promovido grandes avanços em Salvador -

Presidente do Partido dos Trabalhadores da Bahia (PT-BA), Éden Valadares rebateu as críticas de ACM Neto sobre as gestões do PT na Bahia e estabeleceu-se que o ex-prefeito tenta se apoderar-se das obras e dos grandes investimentos realizados por Jaques Wagner e Rui Costa que transformaram a realidade de Salvador.

“ACM Neto é ingrato com relação às obras que Jaques Wagner e Rui Costa fizeram na cidade. Nunca reconheceu a paternidade. Ao contrário, ele tenta dizer que são dele as obras do Governo do Estado e tenta pongar nessas obras com o desenvolvimento que Salvador teve”, disse Valadares.

Éden ainda relembrou que o poder de investimento da prefeitura é reduzido e que a administração municipal nunca teria condições orçamentárias de realizar grandes obras na cidade.

“Hospitais, metrô, policlínica, as novas avenidas, os viadutos, a mobilidade urbana de Salvador sofreu uma revolução graças aos investimentos do PT e ele nunca foi capaz de reconhecer. Ao contrário, ele faz é disputar, tenta pongar nas obras do PT, de Wagner, de Rui e de Lula”, completou.

Por fim, o petista ainda relatou sobre o sentimento de orgulho do Partido por ter promovido grandes avanços em Salvador e também no interior do estado.

“Nós temos muito orgulho de tudo que a gente pôde fazer pelo conjunto da Bahia. Diferente do grupo político dele que deixou 20 anos sem construir nenhum hospital, nós construímos 22 hospitais, 26 policlínicas, 2.500 postos de saúde, levamos água, luz e dignidade para o povo baiano, não conhece a realidade do interior e mesmo na capital, onde a gente fez muito, ele não foi capaz de reconhecer”, concluiu.

Publicações relacionadas