Alckmin se solidariza com Israel: “Inadmissível a ação terrorista” | A TARDE
Atarde > Política > Bahia

Alckmin se solidariza com Israel: “Inadmissível a ação terrorista”

Vice-presidente se solidarizou com israelenses e reforçou pedido por entendimento e paz

Publicado segunda-feira, 09 de outubro de 2023 às 14:07 h | Autor: Eduardo Dias e Lula Bonfim
Vice-presidente da República esteve em Camaçari nesta segunda-feira, 9
Vice-presidente da República esteve em Camaçari nesta segunda-feira, 9 -

O vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) se solidarizou nesta segunda-feira, 9, durante evento em Camaçari, com Israel, após os ataques do grupo palestino Hamas contra civis israelenses. De acordo com ele, a ação, que já resultou na morte de pelo menos 700 pessoas, é inadmissível.

Alckmin também reforçou aquele que já vinha sendo o pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) acerca de uma outra guerra, a ocorrida no leste europeu entre Rússia e Ucrânia: entendimento e paz.

“Nossa total solidariedade. É inadmissível a ação terrorista, com milhares de mortos. Sempre o presidente Lula tem destacado a busca da paz, a busca do entendimento”, declarou Alckmin, que ainda lembrou que o governo federal já encaminhou aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para resgatar brasileiros em território israelense.

“O governo brasileiro já mobilizou uma frota de aviões da FAB, a Força Aérea Brasileira — já tem dois já em Israel —, para poder trazer os brasileiros que lá estão que queiram ou precisem voltar ao Brasil”, disse Alckmin.

Durante o evento em Camaçari, Alckmin aproveitou para exaltar os resultados econômicos do Brasil e declarar sua aprovação da parceria entre o governo da Bahia e a montadora chinesa BYD.

“A BYD chega à Bahia e ao Brasil em um bom momento. Desemprego, o menor da última década: 7,8%. A inflação é uma das menores do mundo, 4%. O Brasil é o segundo receptor de investimentos estrangeiros diretos do mundo”, enumerou o vice-presidente.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS